Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/878
Título: Antibioresistance of Extended-Spectrum β-Lactamase producer Enterobacteriaceae strains from broiler samples
Outros títulos: Antibioresistência de isolados de Enterobacteriaceae produtoras de β-lactamases de espectro alargado, provenientes de frangos
Autor: Ferreira, Helena Cardoso de Carvalho
Orientador: Lipman, Len
Fraqueza, Maria João dos Ramos
Palavras-chave: Antimicrobial resistance
Enterobacteriaceae
Slaughterhouse
Salmonella
ESBL
Antibioresistência
Matadouro
Data de Defesa: 19-Out-2008
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Resumo: O objectivo deste estudo foi determinar em que medida a higiene do matadouro influenciava a produção de β-lactamases de espectro alargado (ESBL’s) em Salmonella e outras Enterobacteriaceae. Para tal, foram colhidas amostras em vários pontos da linha de abate de frangos de engorda (“broiler”) num matadouro na Holanda. A partir dos dados recolhidos quantificou-se o número de Enterobacteriaceae e isolou-se Salmonella spp.. Testou-se a resistência aos seguintes antibióticos: ampicillina, ceftiofur, trimethoprim+sulfametoxazol, eritromicina, tetraciclina, gentamicina e enrofloxacina em todos os isolados. Assumiu-se que os isolados resistentes a ceftiofur, eram produtores de β-lactamases de espectro alargado. Do total de isolados recolhidos (n=389) verificou-se que 57.5% eram produtores de ESBL e que 57.1% apresentavam resistência a ceftiofur e outros antibióticos. Já os isolados de Salmonella revelaram uma percentagem de bactérias produtoras de ESBL de 77.3% e de bactérias multiresistentes de 77.3%. A resistência combinada de ceftiofur e enrofloxacina era de 15.7% no total de isolados e de 13.6% nos isolados de Salmonella. O elevado número de isolados resistentes mostrou que deve ser exercido controlo durante toda a cadeia de produção para que seja possível prevenir a transmissão de resistência entre diferentes animais e o Homem. Este estudo confirma a necessidade de avaliar o papel dos isolados bacterianos provenientes de animais como reservatórios de resistência a antibióticos.
ABSTRACT The aim of this study was to evaluate the effect of slaughterhouse contamination on the presence of antimicrobial resistant bacterial isolates, specifically Salmonella and other members of the Enterobacteriaceae family. Samples were collected in different points in a poultry slaughterhouse in The Netherlands, and after quantification of Enterobacteriaceae and isolation of Salmonella spp., antibiograms were made of the identified isolates.The following antibiotics were tested: ampicillin, ceftiofur, trimethoprim+sulfamethoxazole, erythromycin, tetracycline, gentamicin and enrofloxacin. The isolates that were resistant to ceftiofur were considered ESBL positive. Fom the total isolated strains (n=389), 57.5% were ESBL positive and 57.1% were resistant to ceftiofur and other antibiotics. Salmonella showed a prevalence of 77.3% ESBL positive isolates and 77.3% presenting a multiresistance profile. The combination of ceftiofur and enrofloxacin resistance in the Salmonella isolates was present in 13.6% and 15.7% on the total collected strains. The high number of resistant strains found shows that control should be assured throughout the production chain in order to prevent transmission of resistant determinants between different animals and humans as much as possible. This study also confirms the need to further evaluate the role of food animal bacterial isolates as reservoirs for antibiotic resistance.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/878
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.