Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8716
Título: Estratégias das micro e pequenas empresas portuguesas para a retenção de trabalhadores/s : estudo exploratório
Autor: Santos, Celina Marques dos
Orientador: Marques, Rafael
Palavras-chave: Gestão de Recursos Humanos (GRH)
Micro e Pequenas Empresas (MPE)
Pequenas e Médias Empresas (PME)
Retenção
Turnover
Portugal
Human Resource Management (HRM)
Micro and Small Companies
Small and Medium Companies (SME)
Retention
Data de Defesa: 2015
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Santos, Celina Marques dos (2015). "Estratégias das micro e pequenas empresas portuguesas para a retenção de trabalhadores/s : estudo exploratório". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Este é um estudo exploratório sobre estratégias e práticas das micro e pequenas em-presas portuguesas para a retenção de RH, um dos objetivos primordiais da GRH. O foco neste contexto específico é relevante porque a retenção é fulcral para a sustentabilidade destas empresas que têm um papel fundamental na economia. Por outro lado, represen-tam um quadro específico de exercício da GRH, onde a menor dimensão está associada a menores orçamentos para RH, menos oportunidades de carreira e menor legitimida-de/atratividade como empregadoras. A pergunta de partida - identificar as perspetivas dos proprietários/gestores de MPE so-bre a aplicação de estratégias e práticas de retenção de RH -, desenvolveu-se em quatro eixos: prioridade e conotação, tipo de implementação, públicos-alvo e práticas. Enquadrado num paradigma compreensivo, este trabalho utilizou metodologias qualitati-vas: entrevistas semiestruturadas a responsáveis de RH de 7 empresas de Lisboa (4 a 20 trabalhadores) e análise de conteúdo. Dos resultados destaca-se a consciência e identificação com a ?pequena empresa? e respetivas implicações - limitação de recursos, relações de proximidade, importância da sustentabilidade e não relevância da formalização de práticas/políticas. A ausência de for-malização não implica, no entanto, que as MPE não exerçam uma GRH eficaz e eficiente ou não tenham estratégias de retenção. Os proprietários/gestores de MPE têm como preocupação a retenção dos RH, porque sabem que a produtividade e sucesso da empresa dependem dos trabalhadores. No entan-to, no seu discurso não focam diretamente a retenção de RH, mas sim as suas determi-nantes: motivação e satisfação no e com o trabalho.
This exploratory research is about Portuguese micro and small companies' staff retention strategies and practices, one of the main purposes of HRM. To focus this specific context is important because retention is a key aspect for the sustainability of micro and small companies that have a fundamental role in the economy. Furthermore, they are a specific context for HRM practices. Their small size is associated with smaller HR budgets, structures with fewer career opportunities and less legitimacy/attractiveness as employers. The research question seeks to identify micro and small company owners?/managers' perspectives on HR retention strategies and practices. The approach was based around four topics: level of priority and connotation, type of implementation, workers targeted and practices. Using a comprehensive framework, it used qualitative methods: semi-structured inter-views to 7 HR responsible in companies in Lisbon (4 to 20 employees), followed by content analysis. The results reveal an awareness of and identification with the concept of "small company" and what it implies: limited resources, close relationships, the importance of sustainability and the non-relevance of formalizing practices/policies. The absence of formalization does not mean, however, that micro and small companies do not have efficient and effective HRM or retention strategies. The owners/managers of micro and small companies are concerned with HR retention. They know that companies' productivity and success depends on employees. However, in their speech they don't not focus directly on retention, and instead mostly centres on its determining factors: motivation and satisfaction at and with work.
Descrição: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8716
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-CMS-2015.pdf851,14 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.