Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8629
Título: Adolescentes em risco : práticas e perceções.
Autor: Poeiras, Sofia Isabel Gomes
Orientador: Simões, Maria Celeste Rocha
Palavras-chave: Adolescência
Competências sociais
Comportamento antissocial
Educação especial
Escola
Factores de risco
Família
Pares
Adolescence
Antisocial behavior
Family
Peers
Risk factors
School
Social skills
Special Education
Data de Defesa: 2015
Citação: Poeiras, Sofia Gomes (2015) - Adolescentes em risco : práticas e perceções. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: Este estudo procura explorar as práticas e perceções de adolescentes em situação de risco e com perturbações do comportamento e do foro emocional, a frequentar uma instituição de educação especial, relativamente a si próprios, à família, à escola e às interações com os pares. Da mesma forma, a partir dos seus relatos, pretendemos também, conhecer mudanças no seu percurso pessoal e social, desde que entraram numa instituição de educação especial. Os resultados, recolhidos através de entrevistas semiestruturadas e da análise de documentos oficiais consultados no processo escolar de cada adolescente, revelaram a presença de vários fatores de risco associados ao comportamento antissocial e à delinquência, consistentes com a literatura, especialmente, ao nível das competências sociais e académicas, práticas parentais conflituosas e severas, rejeição pelos pares e ligação a pares desviantes e posteriormente, comportamentos transgressores. Em relação aos efeitos da transição do ensino regular para o ensino especial, os adolescentes percecionaram melhorias ao nível das interações sociais, da regulação comportamental e do desempenho académico. Desta forma, estes dados revelam-se importantes, para continuar a apostar na criação e implementação de programas de intervenção e de prevenção que promovam competências sociais, práticas educacionais e comportamentos normativos, ajustados a cada caso.
ABSTRACT: The goal of this study seeks to explore the practices and perceptions of six adolescents at risk and with behavioral and emotional disorders, frequenting a special education institution, for themselves, their family, school and to interactions with peers. Similarly. from their reports, we intend to also meet changes in their personal and social path from that entered in this particular educational institution. The results, collected through semi-structured interviews and analysis of official documents consulted in the school process of each adolescent, revealed the presence of various risk factors associated with antisocial behavior and delinquency, consistent in the literature, especially at the level of social and academic skills, conflicting and severe parenting, peer rejection and connection to deviant peers and subsequently, transgressors behaviors. About the effects of transition from regular education for special education, adolescents perceived improvements to social interactions, behavioral adjustment and academic performance. Thus, these data show how important is to continue betting in the creation and implementation of intervention and prevention programs that promote social, educational practices and normative behaviors, adjusted in each case.
Descrição: Mestrado em Educação Especial
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8629
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE DEFINITIVA 2015.pdf878,2 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.