Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8621
Título: Raciocínio lógico-matemático : um estudo de caso com uma criança com Trissomia 21.
Autor: Rodrigues, Joana Filomena da Madalena
Orientador: Morato, Pedro Jorge Moreira de Parrot
Palavras-chave: Autonomia
Desenvolvimento cognitivo
Memorização
Raciocínio lógico-matemático
Trissomia 21
Cognitive development
Down syndrome
Logical-mathematical reasoning
Memorization
Data de Defesa: 2015
Citação: Rodrigues, Joana F. da Madalena (2015) - Raciocínio lógico-matemático : um estudo de caso com uma criança com Trissomia 21. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: O desenvolvimento de competências matemáticas é essencial para o desenvolvimento da nossa autonomia. Este estudo pretendeu explorar o raciocínio lógico-matemático de uma criança com Trissomia 21 (T21), durante o seu primeiro ano escolar do primeiro ciclo do ensino básico. Esta criança é do sexo feminino, tem sete anos de idade e tem acompanhamento técnico ao nível da reabilitação e ensino especial desde os 15 dias de idade. Este estudo de caso é essencialmente exploratório e descritivo, acompanhando a evolução cognitiva das competências lógico-matemáticas da criança através da gravação em vídeo de sessões de ensino-aprendizagem, nas quais a criança realizou um conjunto de baterias de exercícios, elaborados de acordo com os conteúdos programáticos propostos para este nível de ensino e verbalizando os seus raciocínios ao longo destas sessões. Foram aplicadas três baterias de exercícios, desenvolvidas de acordo com o nível cognitivo da criança em estudo, tendo a primeira sido utilizada mais duas vezes, como teste de retenção, no fim do ano letivo e após três meses do fim do estudo investigativo. O estudo realizou-se durante onze meses e ao longo das sessões de apoio de reabilitação e ensino especial, em contexto domiciliário, com frequência semanal. Houve, igualmente, a realização de entrevistas à mãe da criança, à professora do ensino regular e à técnica que acompanhou o processo investigativo, de forma a recolher informação sobre o desenvolvimento cognitivo da criança em vários contextos da sua vida diária. Este estudo decorreu fora do contexto de sala de aula, mas as conclusões apresentadas são generalizadas e direcionadas a todos os contextos onde haja desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático da criança. O estabelecimento de regras, através da memorização e do acompanhamento visuo-espacial dos conteúdos, assim como a atitude do elemento educativo perante a criança, com elevadas expectativas e tentando não limitar a evolução da mesma, são duas estratégias determinantes para uma evolução cognitiva consolidada. Ao nível da matemática, a repetição e estruturação das sequências de resolução de exercícios é essencial para a memorização da regra. Ao adquirir esta capacidade, a criança é então capaz de a aplicar, sempre que necessário, e também adaptar-se a diferentes cenários, mesmo quando a questão colocada não é exatamente a mesma. Esta capacidade poderá potenciar o desenvolvimento de futuras competências profissionais, autonomizando-a e permitindo a sua participação plena na sociedade.
ABSTRACT: The acquisition of mathematical skills is essential for the development of our autonomy. This study aims to explore the logical-mathematical reasoning of a child with Down syndrome, during the first school year of primary education. The child that participated in the study is female, has seven years old and has technical support in terms of rehabilitation and special education since she was 15 days old. This case study is essentially exploratory and descriptive and followed the child’s cognitive development of logical-mathematical skills through the video recording of teaching and learning sessions. In these sessions the child performed a set of exercise batteries, prepared in accordance with the syllabus proposed for this level of education, and verbalized her arguments through the sessions. Three exercise batteries were applied, developed according to the cognitive level of the child. The first battery was used twice, as a retention test, both at the end the school year and three months after the end of the research study. The study was carried out for eleven months, during the rehabilitation and special education support sessions, in a home environment and on a weekly basis. There were also some interviews to the child's mother, regular school teacher and the technician accompanying the research process, in order to collect information on the child’s cognitive development in several contexts of her daily life. This study took place outside the classroom environment, but the conclusions can be applied to all situations and contexts where the development of the child's logical-mathematical reasoning is present. Establishing rules, through memorizing and monitoring the visuospatial content that you wish to develop, as well as keeping an attitude focused on high expectations and not limiting the child’s progress, are two highly important strategies to achieve a consolidated cognitive evolution. In terms of mathematics, the repetition and structuring of problem solving sequences is essential for memorizing rules. By learning this ability, the child is then able to apply it whenever required and also adapt to different scenarios, even when the question posed is not exactly the same. This skill may enhance the development of future professional skills, empowering the individual and allowing for a complete integration in our society.
Descrição: Mestrado em Educação Especial
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8621
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Mestrado_Joana_Rodrigues.pdf4,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.