Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8444
Título: Prevalência de Cryptosporidium spp. e de Giardia spp. em cães do distrito de Bragança, Portugal
Autor: Leal, Sílvia Maria Ferreira
Orientador: Meireles, José Augusto Farraia e Silva
Vicente, Gonçalo Eduardo Vítor
Palavras-chave: Cães
Imunofluorescência direta
Cryptosporidium
Giardia
Zoonoses
Bragança
Portugal
Dogs
Direct immunofluorescence assay
Zoonosis
Data de Defesa: 25-Mar-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Leal, S.M.F. (2015). Prevalência de Cryptosporidium spp. e de Giardia spp. em cães do distrito de Bragança, Portugal. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Os protozoários Cryptosporidium spp. e Giardia spp. infetam vários hospedeiros, incluindo o Homem, e são considerados importantes parasitas dos animais domésticos; nestes, as infeções são geralmente assintomáticas ou autolimitantes. No cão, em estudos realizados em Portugal obtiveram-se prevalências de Cryptosporidium spp. entre 11% e 18% e de Giardia spp. entre 1,3% e 61%, dependendo de vários fatores como a origem do cão e o teste de diagnóstico escolhido. Neste estudo, amostras fecais de 126 cães de várias origens do distrito de Bragança, idades, géneros e raças, foram analisadas por imunofluorescência direta (kit Crypto/Giardia Cel®, Cellabs©) para pesquisa de oocistos de Cryptosporidium spp. e quistos de Giardia spp. Das amostras fecais analisadas, 21,4% apresentaram pelo menos um protozoário. A prevalência de Giardia spp. na amostra populacional foi de 19.8%. Houve uma maior prevalência significativa (p<0,05) de Giardia spp. nos canis intermunicipais (26,5%), no grupo etário adulto com menos de sete anos (26,7%) e no grupo cujas fezes apresentavam consistência semipastosa (42,9%). A prevalência de Cryptosporidium spp. na amostra populacional foi de 2,4% e não foram encontrados fatores de risco nem associação com sinais clínicos. A infeção por ambos os protozoários foi detetada em uma amostra. Os resultados deste estudo demonstraram que os cães do distrito de Bragança são importantes reservatórios do protozoário Giardia spp., com potencial carácter zoonótico. A idade adulta e a proveniência de canis intermunicipais foram considerados fatores de risco para a infeção por Giardia spp.; a influência deste parasita sobre a consistência fecal parece ser discreta. A infeção por Cryptosporidium spp. em cães neste distrito não parece ser relevante, assim como a infeção simultânea por ambos os protozoários. Assim, estes cães podem representar um risco, relativamente ao género Giardia, para a equipa técnica dos canis intermunicipais e podem agir como fonte de contaminação de espaços públicos até ao momento da sua captura.
ABSTRACT - Prevalence of Cryptosporidium spp. and Giardia spp. in dogs in Bragança district, Portugal - The protozoan parasites Cryptosporidium spp. and Giardia spp. infect a large host range including humans and are considered important parasites in companion animals, in which infections are usually asymptomatic or self-limiting. From Portuguese studies, the prevalence of Cryptosporidium spp. is about 11% to 18% and the prevalence of Giardia spp. is about 1,3% to 61%, depending on several factors as dog origin and diagnostic test chosen. In this study, fecal samples were collected from 126 dogs of different Bragança origin, age, gender and breed and analyzed via direct immunofluorescence assay (Crypto/Giardia Cel® kit, Cellabs©) for Cryptosporidium spp. oocysts and Giardia spp. cysts. Of 126 fecal samples, 21,4% showed at least one protozoan parasite. Giardia spp. cysts were present in 19.8% of fecal samples. There was significantly (p<0,05) greater prevalence of Giardia spp. in dogs from official kennel (26,5%), between one and seven years old (26,7%) and with half pasty fecal consistency. Cryptosporidium spp. oocysts were present in 2,4% of fecal samples and weren't found any risk factors or association to clinical signs. Both protozoan parasites were found in only one fecal sample. The results of this study showed that dogs in Bragança district are important reservoirs for the zoonotic protozoan parasite Giardia spp. The adult age and source from official kennel were identified as risk factors for Giardia spp infection; Giardia spp. influence on fecal consistency seems to be discreet. Cryptosporidium spp. infection in dogs in Bragança district doesn't seem to be relevant, so as the association between both protozoan parasites. Thus, these dogs can pose a risk, relative to the genus Giardia, to the technical team of official kennels and can act as a source of contamination to public spaces by the time of their capture.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8444
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Prevalência de Cryptosporidium spp. e de Giardia spp. em cães do distrito de Bragança, Portugal.pdf1,89 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.