Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8417
Título: Governança no terceiro setor : fatores facilitadores e constrangedores
Autor: Garcia, Cláudia Maria Serpa
Orientador: Pinto, Paula Campos
Palavras-chave: Terceiro setor
Governança
Orientação mercado
Empreendedorismo social
Data de Defesa: 27-Jan-2015
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: RESUMO A presente tese de dissertação pretende-se desenvolver um estudo sobre as políticas de governação no terceiro setor, analisando os aspetos que na perspetiva dos seus dirigentes e quadros superiores surgem como agentes facilitadores e constrangedores. A fundamentação da escolha do tema centra-se em 11 anos de experiencia profissional no setor e na crença de que novos desafios se colocam na governação deste tipo de organizações. Neste estudo foi considerado o caso especifico das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do Distrito de Lisboa, com valências de Creche e CAO – Centro de Atividades Ocupacionais. Os dados foram recolhidos através da metodologia quantitativa, sendo remetido por e-mail, um questionário, para as IPSS do distrito de Lisboa com as valências supra mencionadas e acordos de cooperação ativos com o Instituto de Segurança Social. Os resultados mostraram que tem decorrido mudança nos paradigmas de gestão das organizações sem fins lucrativos, estando mais sensíveis à mais-valia de terem nos seus quadros profissionais de gestão, assim como apostarem na comunicação interna e externa. Denotou-se no entanto a ausência de reconhecimento da importância de apresentar indicadores financeiros detalhados e de comunicar os dados da sua atividade publicamente mas, como todos os processos de mudança, trata-se de um percurso que cremos as organizações sem fins lucrativos no geral, e as IPSSs no particular, estarão, de grosso modo, disponíveis a fazer em prol da sua sustentabilidade.
ABSTRACT This dissertation thesis aims to develop a study on the politics of governance in the nonprofit sector, analyzing the aspects that, in the perspective of its directors and senior managers, emerge as facilitators or limitative factors. The motives for choosing this theme focus on 11 years of professional experience in this field and in the belief that new challenges arise in the governance of such organizations. This study considered the specific case of Private Institutions of Social Solidarity (IPSS) of the District of Lisbon, with valences of Nursery and CAO - Occupational Activity Centre. Data was collected through quantitative methodology. A questionaire was sent by e-mail to the IPSSs of the district of Lisbon with the above mentioned skills and active cooperation agreements with the Social Security Institute. The results showed that a change has ocurred in the paradigms of management of nonprofit organizations, as they are more sensitive to the added value of having management professionals in their staff, as well as betting on internal and external communication. It is denoted, however, a lack of recognition of the importance of presenting detailed financial indicators and communicating the details of your activity publicly but, like all processes of change, it is a path that we believe the non-profit organizations in general, and IPSSs in particular, are broadly available to follow for the sake of sustainability.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Sociologia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8417
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese Claudia Garcia.pdf2,88 MBAdobe PDFVer/Abrir
formulario_resumo_mestrado_CG.pdf219,42 kBAdobe PDFVer/Abrir
formulario_abstract_mestrado_CG.pdf162,25 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.