Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8386
Título: Bebidas alcoólicas : padrões de consumo e perceção de consumo moderado
Autor: Borlido, Luís Alberto Antunes
Orientador: Veríssimo, José
Palavras-chave: perceção de consumo moderado
padrões de consumo
bebidas alcoólicas
perception of moderate consumption
patterns of consumption
alcoholic beverages
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Borlido, Luís Alberto Antunes (2014). "Bebidas alcoólicas : padrões de consumo e perceção de consumo moderado". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: O consumo de bebidas alcoólicas (vinho, cerveja, espirituosas) faz, desde há séculos, parte das práticas e tradições da cultura ocidental. No entanto, não existe uma definição consensual do que é o consumo moderado de bebidas alcoólicas, nem de como os indivíduos, sendo ou não consumidores, interpretam o consumo moderado. O objetivo deste estudo é pois conhecer a perceção do conceito de consumo moderado de bebidas alcoólicas, através da análise dos comportamentos associados ao consumo moderado, e da opinião sobre o número máximo de bebidas alcoólicas que uma pessoa saudável pode beber, em determinados contextos. Para responder a esta questão foi realizado um trabalho empírico de natureza quantitativa, com recurso a um questionário online, sendo a amostra constituída por 376 indivíduos maiores de 18 anos. Os resultados permitem concluir que há diferenças significativas na perceção de consumo moderado, segundo as variáveis género e padrões de consumo, definidos em termos de frequência e quantidade consumida.
For centuries the consumption of alcoholic beverages (wine, beer, or spirits) has been part of the customs and traditions of Western culture. However, there is no consensus of what the definition of the moderate consumption of alcoholic beverages is, nor how consumers or non-consumers interpret moderate consumption. The aim of the present study is to characterize the perception of the concept of moderate consumption of alcoholic beverages through the analysis of behaviors associated with moderate consumption and the opinion of the maximum number of alcoholic beverages that a healthy person could drink in certain contexts. To address this question, an empirical, quantitative study was conducted using an online questionnaire, with a sample of 376 individuals over 18 years of age. The results presented here show that there are significant differences in the perception of moderate consumption between genders and in relation to consumption patterns. The latter were defined in terms of frequency and quantity of alcoholic beverages consumed.
Descrição: Mestrado em Marketing
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8386
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-LAAB-2014.pdf907,71 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.