Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8345
Título: Criminalidade organizada transnacional : estudo de caso do tráfico de cocaína na Guiné-Bissau
Autor: Charrua, Ricardo de Jesus Ramalho
Orientador: Nóbrega, Álvaro Luís Correia de Nóbrega
Palavras-chave: Soberania
Estado-falhado
Criminalidade organizada transnacional
Guiné-Bissau
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: RESUMO A celeridade com que o movimento de pessoas, bens e capitais tem sido promovido pela Globalização nos últimos 20 anos é tal, que uma franja da sociedade tem utilizado este fenómeno para florescer as atividades ilícitas a nível transfronteiriço. A obtenção de elevadas quantias de dinheiro de forma ilícita não conhece assim fronteiras, nem leis, comportando custos significativos para a Sociedade Internacional, em especial para os Estados estruturalmente débeis. No que à Criminalidade Organizada Transnacional diz respeito, há largas décadas se tem verificado que a mesma se tem vindo a consubstanciar não só numa ameaça à Segurança do Estado, mas acima de tudo à Segurança Humana. Ao particularizarmos o fenómeno, rapidamente se torna evidente o relevo que o tráfico de estupefacientes tem, este não só lesa a saúde financeira, económica e social do Estado, mas acima de tudo é o responsável pela perda e degradação de um elevado número de vidas todos os anos. Desta forma e atendendo ao facto que uma das regiões do globo mais permeáveis a este tipo de criminalidade é a África Ocidental, o presente ensaio pretende dar a conhecer a situação da Criminalidade Organizada Transnacional na Guiné-Bissau, em particular o tráfico de cocaína. Para tal, iremos iniciar por operacionalizar um conjunto de conceitos essenciais ao estudo desta temática, para posteriormente descrevermos em que ambiente e de que modo este facto social ocorre.
ABSTRACT The speed with which the movement of people, goods and capital has been promoted by globalization in the last 20 years is such that a fringe of society has used this phenomenon to flourish illicit cross-border activities. The illegal process of obtaining large amounts of money ignores borders and laws, behaving significant costs to the International Society, especially for structurally weak states. Concerning Transnational Organized Crime, from several decades ago it has been not only a threat to State Security, but above all to the Human Security. Regarding at the glance this phenomenon, we swiftly become aware that drug trafficking not only damages the financial, economic and social health of the State, but above all is responsible for the loss and ruin of a large number of lives every year. Having in mind that this is one of the more permeable regions of the globe to this type of crime is West Africa, this essay aims to present the situation of Transnational Organized Crime in Guinea-Bissau, in particular the trafficking of cocaine. To do this, we will begin by operationalizing a set of key concepts to the study of this subject, later describing that environment and how this social fact occurs.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Relações Internacionais
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8345
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.