Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8319
Título: Diferencial de perceção dos fatores de insucesso escolar entre os diferentes atores do processo educativo: um estudo de caso em Almancil
Autor: Sousa, Cristiana Alexandra Ribeiro
Orientador: Amante, Maria de Fátima
Palavras-chave: Insucesso escolar
Diferencial de perceção
Fatores endógenos
Fatores exógenos
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: O tema central desta investigação são os fatores de insucesso escolar, em concreto na Escola EB Dr. António de Sousa Agostinho em Almancil. A justificação para o estudo reside na convicção de que, embora a questão do insucesso seja tema de debate recorrente na investigação social, as suas razões têm que continuar a ser estudadas, de forma a haver uma concertação de estratégias eficazes para o combater e a atender igualmente à especificidade dos contextos sociais, económicos e culturais onde ele tem maior incidência, procurando avaliar também como é que esses diferentes fatores podem, ou não, concorrer para o insucesso escolar. A questão central colocada à partida foi a do diferencial de perceção dos fatores de insucesso escolar segundo os próprios alunos, seus encarregados de educação e professores, e explorar de que forma se relacionam entre si os fatores apontados. Foi usado essencialmente o método qualitativo, tendo os dados sido recolhidos através da entrevista qualitativa e da realização de sessões de focus groups e, a metodologia quantitativa como apoio através da utilização de questionário. As conclusões a que chegámos através da análise revelaram que, os diferentes atores do processo educativo apontam diversos fatores de insucesso escolar, alguns são comuns e estão relacionados entre si. Os alunos, no geral, atribuem o insucesso escolar a fatores endógenos, como a desmotivação, falta de interesse e comportamento desadequado, enquanto os encarregados de educação e professores atribuem a fatores de natureza exógena.
ABSTRACT The main theme of this investigation is the school failure factors, particularly in the school EB DR. António de Sousa Agostinho, in Almancil. The reason for this study relies on the conviction that, although the issue of school failure is a recurrent debate theme in social investigation, its reason must continue to be studied, so there can be concerted and effective strategies to fight and attend equally to social, economic and cultural specific contexts, where it has more influence, searching also to evaluate how those different factors may, or may not, apply to school failure. The main starting question was the perception gap between the school failure factors according to the students, their parents/tutors and teachers, and the understanding of how those factors relate to each other. It was mainly used the qualitative method, for retrieving data through qualitative interviews and sessions of focus groups, and the quantitative methodology as support to the questionnaire applied. The conclusions we achieved through the analysis, show that the different actors of the education process lead to different factors of school failure, where only a few are the same and connected. In general, students assign school failure to endogenous factors, such as discouragement, lack of interest and inappropriate behavior, while parents/tutors and teachers assign it to factors of exogenous nature.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8319
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.