Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/831
Título: Transferência de embriões na égua
Outros títulos: Embryo transfer in the mare
Autor: Afonso, Tiago Sanches Madeira
Orientador: Duarte, José Carlos Migueis Nunes
Dias, Graça Maria Leitão Ferreira
Palavras-chave: Transferência de embriões
Égua
Sincronização do estro
Embryo transfer
Mare
Estrous synchronization
Data de Defesa: 2008
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Resumo: O objectivo deste trabalho consistiu na aplicação de uma técnica não cirúrgica de transferência de embriões, de forma a aumentar o número da descendência de éguas de genética superior, desde Dezembro de 2007 a Abril de 2008. O estudo foi realizado em dois locais diferentes (A e B). No local A foi utilizada uma égua dadora de 12 anos e duas éguas receptoras de 7 e 8 anos. No local B utilizaram-se cinco éguas dadoras com idades compreendidas entre quatro e 26 anos e seis éguas receptoras com idades de quatro a 15 anos. As dadoras estavam junto com as receptoras, na pastagem. Utilizou-se Prostaglandina F2 para provocar a luteólise e para induzir a ovulação foi utilizada a gonadotrofina coriónica humana, quando se observava um folículo de diâmetro 35 mm e a égua dadora e uma receptora se encontravam nessa situação. Foram efectuadas dez tentativas de recolha de embrião, 7,5 dias após a ovulação, mas apenas se recolheram e transferiram dois embriões. Um dos embriões foi obtido no local A, era um blastocisto expandido e foi classificado com o grau 1. O outro era um jovem blastocisto de grau 3, apresentando um atraso no desenvolvimento, e foi recolhido de uma égua de 26 anos, no local B. No entanto, nenhuma das receptoras ficou gestante.
ABSTRACT The aim of this work was to perform nonsurgical embryo transfers to improve highly genetic mares’ offspring number, since December 2007 until April 2008. The study was carried out at two different farms (A and B). At farm A, a 12 years old donor and two recipients of seven and eight years of age were used. At farm B, five donor mares aging between four and 26 years old and six recipient mares with ages between four and 15 years old were used. Donors and recipients mares were kept together on the pasture. Prostaglandin F2 was used to induce luteolysis and human chorionic gonadotrophin to cause ovulation whenever a follicle 35 mm was simultaneously observed on both the donor and the recipient mare. Ten attempts of embryos recovery were performed at 7.5 days after ovulation but only two embryos were collected and transferred to recipient mares. One embryo (a grade 1 expanded blastocyst) was obtained at farm A, while and a grade 3 early blastocyst with delayed development was collected from a 26 year old donor mare at farm B. However, no pregnancy was sustained after embryo transfer.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/831
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Final Tiago Afonso.pdfDocumento principal7,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.