Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8230
Título: Análise da atividade física na pessoa com doença cardiovascular: influência na capacidade funcional.
Autor: Pinto, Inês de Matos
Orientador: Rodrigues, Maria Helena Santa Clara Pombo
Palavras-chave: Acelerómetro
Actividade física moderada-vigorosa
Capacidade funcional
Doentes cardíacos
Parâmetros da actividade física
Data de Defesa: 2014
Citação: Pinto, Inês de (2014) - Análise da atividade física na pessoa com doença cardiovascular: influência na capacidade funcional. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: Introdução: A Atividade Física (AF) tem uma forte influência na manutenção e desenvolvimento da capacidade funcional (CF) na população em geral, contudo no doente cardiovascular esta relação é pouco clara. Objetivos: Os objetivos do presente estudo são a comparação da AF com as recomendações, entre géneros, idades e momentos da semana no doente cardiovascular. Procuramos ainda perceber a influência da AF na CF desta população. Métodos: Estamos perante um estudo observacional, descritivo e transversal com 31 doentes cardíacos a frequentar programas de reabilitação cardíaca (PRC). A AF foi avaliada por acelerometria e a CF pela distância percorrida no teste dos 6 minutos de marcha (DT6MM). Resultados: Os participantes atingiram as recomendações na atividade física moderada-a-vigorosa (AFMV) semanal, no entanto esta comparação não mostrou diferenças estatisticamente significativas. As comparações com a AFMV diária (21.25 min±15.77min, p <0, 05) e o número de passos diários (5423±454, p <0, 05) apresentaram diferenças significativas. Na análise entre géneros não se encontraram diferenças significativas e na análise entre idades os adultos são os que realizam mais AF. Os níveis de AFMV diária foram inferiores no fim-de-semana (16min±15 min vs 24min±18 min, p <0,05). Existe ainda uma forte correlação entre a AFMV e a DT6MM (r= 0.798 e r= 0.797, p <0, 05). Conclusões: A AF tem uma forte influência na CF no doente cardíaco, deste modo a componente de AF nos PRC é fundamental para o desenvolvimento de estilos de vida mais ativos e consequente melhoria da CF destes indivíduos.
ABSTRACT Background: Physical activity (PA) has a strong influence in the maintenance and development of functional capacity in general population, however this relationship is unclear in persons with cardiovascular diseases. Purposes: The purposes of this study are to compare the PA with the recommendations, between genders, ages and moments of the week in cardiac patients. We also look to understand how PA influence the functional capacity. Methods: This is an observational descriptive and cross-sectional study with 31 cardiac patients attending cardiac rehabilitation programs. The PA was evaluated by accelerometer and the functional capacity by the distance in the six minute walk test (D6MWT). Results: The participants meet the recommendations for moderate-to-vigorous PA on the week. Daily moderate-to-vigorous PA (MVPA) was statistical significant (21.25 min±15.77min, p<0, 05), as steps per day (5423±454, p<0, 05). In the age’s comparison, adults were more active. The levels of MVPA were lower in the weekend (16min±15 min vs 24min±18 min, p<0, 05). A strong and positive correlation was found between MVPA and D6MWT (r= 0.798 and r= 0.797, p <0, 05). Conclusions: PA has a strong influence in functional capacity of patients with cardiac diseases, so the physical activity component in cardiac rehabilitation programs is fundamental for the development of more active lifestyles and better functional capacity in this patients.
Descrição: Mestrado em Exercício e Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8230
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DMest_InesPinto.pdf762,9 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.