Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8220
Título: Determinants of demand for voluntary private health insurance in Europe
Autor: Wilson, Filipa Barahona da Fonseca Valdez
Orientador: Fontainha, Elsa
Palavras-chave: Saúde
Públicos e Privados
Economia dos idosos
Survey of Health Ageing and Retirement in Europe (SHARE)
Health Insurance
Private and Public
Economics of the Elderly
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Wilson, Filipa Barahona da Fonseca Valdez (2014). "Determinants of demand for voluntary private health insurance in Europe". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: A presente tese analisa os determinantes da procura individual de seguro de saúde privado e de seguros privados de saúde com cobertura diferente (acesso a especialistas, a escolha estendida de médicos, cuidados dentários e cuidados de enfermagem em casa em caso de doença crónica ou deficiência). Os cincos tipos de seguros são analisados de forma independente. Os determinantes da procura individual de seguro de saúde privado são testados empiricamente analisando os dados da Survey of Health Ageing and Retirement in Europe (SHARE) utilizando o modelo Probit. Os resultados sugerem que viver num país com o sistema de financiamento da saúde Beveridge não incentiva a procura por seguros privados de saúde. A educação, o rendimento e uma boa auto-avaliação do estado de saúde têm efeitos positivos sobre a procura individual do seguro de saúde privado. O efeito positivo encontrado entre a procura individual e a boa auto-avaliação do estado de saúde poderá ser uma pré-condição para a selecção adversa e o risco moral. Ser portador de deficiência ou ter uma doença crónica poderá ter influência na procura individual.
This dissertation investigates the determinants of the individual demand for private health insurance and private health insurance with different coverage ( access to specialists, extended choice of doctors, dental care and nursing care at home in case of chronic disease or disability). The five types are analyzed independently. The determinants of the individual demand for private health insurance are tested empirically using micro data from Survey of Health, Ageing and Retirement in Europe (SHARE), and adopting a Probit model. The results suggest that living in a country with Beveridge financial health system don?t incentive the demand for private health insurance. Education, income and a good self-evaluation of the health status have positive effects on private health insurance. The positive effect found from self-assessed health give the precondition for adverse selection and moral hazard. Being disabled or having a chronic disease putatively influences the individual demand.
Descrição: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8220
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-FBFVW-2014.pdf1,74 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.