Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/818
Título: Modelos e prioridades estratégicas em ciência, tecnologia e inovação nos países da OCDE e nos BRICS
Autor: Pina, Ana Teresa Coelho
Orientador: Caraça, João
Godinho, Manuel Mira
Palavras-chave: Ciência
Tecnologia e Inovação
Política Científica, Tecnológica e de Inovação
Modelos de Prioridades
Science
Technology and Innovation
Science, Technology and Innovation Policy
Models of Strategic Priorities
Data de Defesa: 18-Mar-2009
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Pina, Ana Teresa Coelho. 2009. "Modelos e prioridades estratégicas em ciência, tecnologia e inovação nos países da OCDE e nos BRICS". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Este trabalho de investigação teve como objectivo principal identificar e classificar os principais padrões de actuação através das quais os sistemas actuais de prioridades estratégicas em Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) dos países diferem entre si. O trabalho propôs-se a estudar um quadro conceptual baseado numa análise tridimensional, que permitiu perceber: 1) As diferenças no tipo de prioridades existentes, quanto ao seu grau de importância e dimensão; 2) As diferenças existentes no grau de intencionalidade do processo de definição das prioridades por parte dos modelos políticos e 3) As diferenças existentes quanto aoprocesso de definição dessas prioridades. Foi utilizado o método hierárquico de determinação de clusters para a análise de vinte e oito países da OCDE e cinco economias emergentes actuais, os BRICS. Do modelo testado resultaram cinco clusters principais, sobre os quais se concluiu que há áreas científicas e tecnológicas mais estratégicas que outras, já que a aposta por parte dos Governos difere substancialmente em alguns dos grupos de países. O argumento do nível de desenvolvimento económico demonstrou-se um ponto chave para a compreensão dos modelos de prioridades em CTI. Verificou-se que o processo de definição de prioridades é assumido de forma explícita por parte dos modelos políticos, justificado pela existência de áreas dominantes susceptíveis do mecanismo formal e centralizado em que consiste o orçamento total da I&D por objectivos sócio económicos. Apesar do sector privado ser o actor mais relevante no que toca ao financiamento da I&D, a maioria dos países tem modelos de prioridades com um papel mais centralizado dos Governos na adopção de estratégias, políticas e planos específicos para certas áreas prioritárias. Concluiu-se ainda que os BRICS têm prosseguido diferentes estratégias de desenvolvimento, que reflectem formas e graus diversos de integração à economia mundial, não funcionado como um grupo homogéneo quanto aos seus modelos de prioridades estratégicas em CTI.
This research work had as main objective to identify and classify the main patterns of action through which the current systems of strategic priorities in Science, Technology and Innovation (STI) differ. This work proposed to study a conceptual framework based on three-dimensional analysis, which allowed realize: 1) The differences in the kind of priorities, as to their degree of importance and size, 2) The differences in the degree of intent of the definition of priorities by the political models and 3) The differences in the process of defining these priorities. It was used the method of hierarchical cluster for the analysis of twenty-eight OECD countries and five emerging economies, the BRICS. The final model has resulted in five main clusters, on which it was concluded that exist priorities in science and technology more strategic than others, since the bet on the part of governments differ substantially in some groups of countries. The argument of economic development has to be a key factor to understand the types of priorities in STI. It was found that the process of prioritization is made explicitly by the political models, justified by the existence of likely dominant areas of formal and centralized mechanism that is the total budget of R&D by socio economic objectives. Although the private sector is the most important actor in relation to financing R&D, the most countries have models of priorities with a more centralized government in the adoption of strategies, policies and specific plans to certain areas. It was also concluded that the BRICS have pursued different development strategies, which reflect various forms and degrees of integration to the world economy, not run as a homogeneous group in their models of strategic priorities in STI.
Descrição: Mestrado em Economia e Gestão da Ciência, Tecnologia e Inovação
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/818
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação.VF.pdf3,19 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.