Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8010
Título: Avaliação do bem-estar animal em frangos de engorda em regime intensivo
Autor: Campos, Joana Filipa da Rocha
Orientador: Branco, Jorge Ferreira
Veloso, Maria Gabriela Lopes
Palavras-chave: Bem-estar animal
frangos de engorda
avaliação
exploração
matadouro
Welfare Quality®
dermatites das almofadas plantares
Animal welfare
broilers
assessment
farm
slaughterhouse
footpad dermatitis
Data de Defesa: 5-Fev-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Campos, J.F.R. (2015). Avaliação do bem-estar animal em frangos de engorda em regime intensivo. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Os objetivos deste trabalho foram avaliar o bem-estar animal (BEA) de frangos de engorda criados em regime intensivo; estudar a evolução semanal de algumas variáveis ambientais, da qualidade da cama, das dermatites das almofadas plantares (DAP) e das queimaduras dos tarsos (QT); avaliar a relação entre dermatites de contato; averiguar a fiabilidade da avaliação no matadouro como indicador das condições de BEA na exploração; desenvolver um modelo de classificação de explorações. Na exploração, aplicaram-se o protocolo da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e o protocolo Welfare Quality® (WQ) adaptado, para se avaliarem a qualidade da cama, algumas variáveis ambientais, as DAP e as QT. No matadouro, avaliaram-se as DAP, QT e queimaduras do peito. A prevalência de DAP e QT foi de, respetivamente, 32,0±25,6% e 52,0±23,5% para ausência de lesões, 47,5±24,1% e 43,5±19,8% para lesões moderadas e 20,5±21,3% e 4,5±8,5% para lesões graves. Ao longo do ciclo produtivo diminuiu a qualidade da cama e aumentou a prevalência e gravidade das DAP e QT. As DAP estão correlacionadas com a limpeza das penas e com a qualidade e maneio da cama. A casca de arroz, com uma camada inicial de 9 cm, e um maneio, que não se limite a acrescentar material novo, apresentaram os melhores resultados. Segundo o protocolo WQ, metade das explorações foi classificada como aceitável e a restante como boa, o que se traduz na pontuação total das DAP e das QT. Obtiveram-se correlações moderadas e fortes entre as avaliações realizadas na exploração e no matadouro. O melhor modelo de classificação de explorações encontrado classifica 69,4% das explorações corretamente, implicando a avaliação das QT nos matadouros em Portugal.
ABSTRACT - WELFARE INDICATORS AVALIATION IN INTENSIVE BROILER PRODUCTION This study aimed to assess the animal welfare of broilers reared intensively; understand the weekly evolution throughout the production cycle of the environmental variables as well as litter quality, footpad dermatitis (FPD) and hock burns (HB); evaluate the relationship between contact dermatitis; ascertain the reliability of using slaughterhouse assessment as an indicator of welfare conditions on farm; develop a model to classify farms. The adapted Welfare Quality® protocol and the DGAV protocol were applied to evaluate litter quality, environmental variables, FPD and HB. In the slaughterhouse, FPD, HB and breast burns were evaluated. The prevalence of FPD and HB was, respectively, 32,0±25,6% and 52,0±23,5% for absence of lesions, 47,5±24,1% and 43,5±19,8% for moderate lesions and 20,5±21,3% and 4,5±8,5% for severe lesions. As the production cycle progressed litter quality decreased, and there was an increase in the incidence and severity of FPD and HB. FPD was correlated with plumage cleanliness and litter quality, material and management of litter, showing better results with the use of rice husks, a initial layer of 9 cm and a management that does not consist of just added new material. According to Welfare Quality® protocol, half of the farms was classified as "acceptable" and the other half as "good". These different welfare levels are reflected in total score of FPD and HB. Moderate and strong correlations were found among assessments at farm and at slaughterhouse, for FPD and HB lesions. The best farm classification model classifies 69,4% of the farms correctly, but requires implementation of hock burn assessment in Portuguese slaughterhouses.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8010
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Avaliação do bem-estar animal em frangos de engorda em regime intensivo.pdf2,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.