Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8009
Título: Estudo comparativo da eficácia da buprenorfina versus metadona utilizadas em protocolos analgésicos na ovariohisterectomia eletiva felina
Autor: Baptista, Lara Filipa Mendes de Morais
Orientador: São Braz, Berta Maria Fernandes Ferreira
Vicente, Gonçalo Eduardo Vítor
Palavras-chave: Dor
felino
ovariohisterectomia
metadona
buprenorfina
amilóide sérica A
Pain
feline
ovariohisterectomy
methadone
buprenorphine
serum amyloid A
Data de Defesa: 4-Fev-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Baptista, L.F.M.M. (2015). Estudo comparativo da eficácia da buprenorfina versus metadona utilizadas em protocolos analgésicos na ovariohisterectomia eletiva felina. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: O reconhecimento de dor em felinos tem-se mostrado um desafio ao longo do tempo. Este estudo procurou comparar a eficácia analgésica entre dois fármacos opióides em felídeos (n=20) submetidos a ovariohisterectomia eletiva, recorrendo-se à Escala Multidimensional da UNESP-Botucatu para avaliação da dor. Os indivíduos foram alocados, aleatoriamente, em dois grupos: no grupo buprenorfina (GB; n=10) pré-medicados com 0,02 mg/Kg de buprenorfina, por via endovenosa, 30-45 minutos antes da cirurgia, e no grupo metadona (GMT; n=10) pré-medicados com 0,5 mg/Kg de metadona, por via intramuscular, 15 minutos antes da cirurgia. A avaliação da dor foi feita 1h, 2h, 3h, 4h e 24h após a recuperação anestésica. Durante toda a cirurgia foram monitorizadas a frequência cardíaca, respiratória e pressão arterial sistólica. Paralelamente colheu-se sangue para deteção de diferenças na concentração da amilóide sérica A em função do protocolo analgésico. Para a análise estatística dos resultados utilizou-se a média, desvio-padrão e ainda os testes de Shapiro-Wilk, Mann-Whitney, teste t, ANOVA de medidas repetidas e qui-quadrado. Não foram encontradas diferenças estatísticamente significativas para os vários parâmetros em análise (FC, FR, PAS, pontuações de dor, concentração da amilóide sérica) entre os grupos GB e GMT, concluindo-se que ambos os fármacos são eficazes em providenciar analgesia adequada após OVH em felinos.
ABSTRACT - Pain assessment has been a challenge in feline patients - This study compared the analgesic efficacy between two opioids in feline patients (n=20) that underwent elective ovariohisterectomy, using the Multimensional Composite UNESP-Botucatu scale for pain assessment. The individuals were allocated, randomly, in two study groups: the buprenorphine group (GB; n=10), which received 0,02 mg/Kg intravenously of buprenorphine in premedication, 30-40 minutes before surgery, and the methadone group (GMT; n=10) which received 0,5 mg/Kg intramuscularly of methadone, 15 minutes before surgery. Pain was assessed 1h, 2h, 3h, 4h and 24h after anesthetic recovery. The respiratory rate, heart rate and systolic arterial blood pressure were monitored during the entire procedure. Blood samples were collected to assess changes in the concentration of the serum amyloid A protein in the 4th hour of the postoperative period, regarding the analgesic protocol. Median, standard deviation, as well as Shapiro-Wilk test, Mann-Whitney test,t test, repeated measures ANOVA test and chi-squared test were used in the statistical analysis of results. There were no statistically significant differences between the two groups for all the variables studied (HR, RR, SAP, pain scores and serum amyloid concentration) proving both drugs to be effective in providing pain relief following OVH in cats.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8009
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.