Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7930
Título: A influência das tecnologias em projectos de design editorial.
Autor: Oliveira, Sara Filipa Fraga Campos de
Orientador: Godoi, Gabriel Andrade
Palavras-chave: Design de comunicação
Tecnologias
Inovação
Análise
Revista
Communications design
Technology
Innovation
Analysis
Magazine
Data de Defesa: Nov-2014
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Arquitetura
Citação: Oliveira, Sara Filipa Fraga Campos de - A influência das tecnologias em projectos de design editorial. - Lisboa : FA, 2014. Tese de Mestrado.
Resumo: O design de comunicação procura constantemente inovar na forma de transmitir mensagens a um público, seguindo, para tal, processos variados para a concretização da comunicação em si. A expressão gráfica que a mensagem assume foi evoluindo ao longo dos tempos de forma directamente ligada às tecnologias aplicadas ao design de comunicação existentes em cada altura, conforme as suas limitações e potencialidades. No entanto, o desejo de inovação e de ir mais além do que a tecnologia permitia sempre vigorou, mas nunca foi verdadeiramente simples e acessível de realizar até à era digital. O aparecimento do computador e do desktop publishing trouxe novas possibilidades técnicas e proporcionou aos designers uma liberdade expressiva nunca antes sentida e aparentemente ilimitada. A facilidade de manipulação dos elementos, leva a que em muitas áreas, sobretudo no design editorial, se verifique uma tendência de ruptura com códigos visuais estruturantes e uma recusa de uma organização racional, traduzida pelo uso do determinismo das grelhas, o que muitas vezes leva a um comunicação menos clara e com resultados mais ambíguos. A preocupação com o modo como a exploração dos efeitos da tecnologia digital afecta a qualidade e a eficácia do objecto final constitui uma das questões da nossa investigação. Nesse sentido, um dos objectivos do presente estudo é procurar compreender de que forma é que a referida exploração dos recursos tecnológicos, hoje em dia, é uma decisão projectual e consciente, ou apenas uma recurso fácil relativo à inovação e ao apelo estético que se espera do design de comunicação. Adoptando a perspectiva de que a fase inicial de qualquer projecto criativo requer racionalidade e conhecimentos formais prévios, procurou-se, através de uma profunda revisão da literatura existente, determinar quais seriam os parâmetros do que se poderia chamar de “bom design” editorial, a partir dos princípios básicos de comunicação visual, semiótica, percepção visual, entre outros, para então poder isolar um conjunto de parâmetros que serviu para analisar as soluções contempladas no design editorial de revistas. Desta maneira foi-nos possível estabelecer uma relação entre a eficácia da comunicação de mensagens visuais e o uso da tecnologia. Assim, definiu-se uma estrutura de análise focando os seguintes tópicos: hierarquia visual, utilização do espaço, tipografia, utilização de recursos tecnológicos e leitura integral da revista. Os casos de estudo referidos recaíram sobre três revistas culturais portuguesas por considerarmos que as mesmas, pelas suas características enquanto objecto físico, permitiam uma análise mais sustentada da maneira como o uso da tecnologia afecta a apreensão do resultado final. Através de observação directa e análise de casos de estudo, tentaram-se extrair conclusões práticas e recomendações para futuras investigações. Os resultados do estudo desenvolvido poderão contribuir para alertar os designers para a importância dos fundamentos do processo projectual, com as suas vertentes racionais e metodológicas que o design de comunicação deve ter, de maneira a que a abordagem à tecnologia disponível potencie a comunicação eficaz da mensagem, seja responsável e consciente e não uma resposta automática cujas causas sejam apenas uma sedução superficial pelos efeitos gráficos que a actual tecnologia digital permite.
ABSTRACT: Communication design constantly seeks to innovate in the way of transmitting messages to an audience, passing through different processes to achieve what it wishes to communicate. The graphic expression that this message assumes has been evolving over time directly from the technologies applied to communication design, from its limitations and its potential. There has been always the desire to go beyond the borders of existing technology, but never was truly simple and affordable to do until the dawn of the digital age. The emergence of computer and desktop publishing techniques brought new possibilities and gave the designers an expressive freedom never felt before and seemingly limitless. Such freedom has led many areas, especially editorial design, to break with graphical structuring visual codes and a refusal of the grids and all that they mean, which many times leads to a unclear communication with ambiguous results. The concern with how the exploitation of the effects of digital technology affects the quality and effectiveness of the final object is one of the issues of our investigation. In this sense, one of the objectives of this study is to try to understand how it is that such exploitation of technological resources, today, is a project-oriented and conscious decision, or just an easy solution to respond to innovation that communication design should have. Adopting the perspective that the initial phase of any creative project requires rationality and formal knowledge about readability and visual composition, among others, resorted to the good practices of editorial design to isolate a set of parameters that serve to analyse the solutions contemplated in spreads magazine in its aspects of effective communication messages and relate them to the use of technology. Thus, we defined a framework of analysis focusing on the following topics: visual hierarchy, use of space, typography, use of technological resources and full reading the magazine. The case studies referred overtook three Portuguese cultural magazines, that were considered by their characteristics as a physical object and its contact time with the reader, allowing a more sustained analysis of how the use of technology affects the apprehension of the end result. Through direct observation and analysis of case studies, is tried-drawing conclusions and recommendations for future research. The results of the study developed can contribute to alert designers to the importance of the fundamentals of the design process, with its rational and methodological aspects that the communication design should have, so that the approach to available technology enhances effective communication of the message , be responsible and conscious and not an automatic response whose causes are only a superficial seduction by graphic effects that the current digital technology.
Descrição: Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Design de Comunicação, apresentada na Universidade de Lisboa - Faculdade de Arquitetura.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7930
Aparece nas colecções:BFA - Teses de Mestrado / Master Thesis
DDCV - Teses de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Resumo_SaraOliveira.docx139,61 kBMicrosoft Word XMLVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.