Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7866
Título: Determinantes de real earnings management nas empresas não cotadas europeias
Autor: Castelhano, Ana Sofia da Silva
Orientador: Silva, Cristina Martins da
Palavras-chave: Gestão de resultados
determinantes de real earnings management
empresas não cotadas
Earnings management
determinants of real earning management
unlisted companies
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Castelhano, Ana Sofia da Silva (2014). "Determinantes de real earnings management nas empresas não cotadas europeias". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Este estudo pretende analisar os determinantes que levam os gestores a desenvolver comportamentos de real earnings management (REM) nas empresas não cotadas. Para tal, foram estudadas 9.378 empresas não cotadas da União Europeia, para um período de análise compreendido entre 2003 a 2012. Nesta análise utilizou-se a metodologia desenvolvida por Roychowdhury (2006), sendo esta a metodologia mais utilizada para calcular REM. Os resultados sugerem que o sector de actividade, o nível de endividamento, as oportunidades de crescimento, a rendibilidade do activo, o passivo corrente operacional, o nível de inventário e clientes e a dimensão da empresa constituem determinantes à prática de REM. Concluiu-se ainda que as empresas auditadas por uma Big4 apresentam menores níveis de REM do que as empresas auditadas por uma auditora não Big4.
This study analyses the determinants of real earnings management (REM) of unlisted firms. Therefore, 9,378 unlisted firms in the European Union were studied for a period between 2003 and 2012. We used the methodology developed by Roychowdhury (2006), as it has been the most common method used to calculate REM. The results suggest that the industry, leverage of debt, growth opportunities, return on assets, current operating liabilities, level of inventory and receivables and size are critical to the practice of REM. It was also concluded that the Big4 audited firms have lower levels of REM than those audited by non Big4.
Descrição: Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7866
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-ASSC-2014.pdf878,47 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.