Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7806
Título: O espaço intersticial entre a casa e a escarpa : a propósito do parque natural do Rio Seco
Autor: Rodrigues, Rodrigues, Carlos Saulo Borges Carlos Saulo Borges
Orientador: Mateus, Nuno Miguel Feio Ribeiro
Palavras-chave: Escavação
Escarpa
Espaço natural
Geologia e habitação
Excavation
Scarp
Natural scape
Geology structure
Data de Defesa: Dez-2014
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Arquitetura
Citação: RODRIGUES, Carlos Saulo Borges - O espaço intersticial entre a casa e a escarpa : a propósito do parque natural do Rio Seco. - Lisboa : FA, 2014. Tese de Mestrado.
Resumo: Este trabalho pretende analisar a reestruturação do vale do Rio Seco e qual o papel das maquetes no processo explorativo inerente à resolução de potenciais problemas a esse nível. É feito um estudo sobre os diferentes conceitos associados ao ato de desenhar: cidade e habitação, sendo feita uma análise centrada em algumas das ideias chave do arquiteto Le Corbusier. São abordados os diferentes planos urbanos por ele elaborados dentro da lógica da “Ville Radieuse” e a sua ideia de Unidade de Habitação e Célula Habitacional (o espaço mínimo). Complementarmente, faz-se uma alusão à perceção das suas obras a partir do ponto de vista dos seus habitantes. A partir das ideias de Le Corbusier, apresenta-se uma leitura de casos de estudo ligados à temática da habitação coletiva e dos planos urbanos. Ainda a respeito da temática da habitação coletiva, abordamos de alguns estudos de caso que fazem parte do panorama internacional e nacional, falando de arquitetos tais como: Herzog e De Meuron, Charles Correia, Teotónio Pereira entre outros. Uma boa leitura do local de intervenção e da sua envolvente assume também grande importância neste caso. A escarpa apresenta-se como um elemento natural de relevo no local de intervenção e carece de uma solução que a enobreça. É feita uma leitura histórica e geológica deste espaço tão nobre para percebermos quais as suas qualidades naturais. Por fim, a proposta projetual é explorada e apresentada. O recurso a diferentes maquetes é muito marcante pela facilidade de manipulação e pela leitura imediata que este processo apresenta.
ABSTRACT: This work pretends to analyze the process of restructuring the valley of Rio Seco and how the architectural models can help to solve that problem. A study is done about the different concepts concerning the act of drawing cities and homes. It’s made an analysis of the different ideas that came from the architect Le Corbusier. The several urban plans made by him are studied inside the idea of the “Ville Radieuse” and its plans to create a Residential Unit and a Cell Housing (minimum space). As a complement, is made an analysis of the perception of its works from the point of view of its inhabitants. From Corbusier ideas, is also made a reading of recent national and international study cases that come from other architects such as Herzog and De Meuron, Charles Correia, Teotónio Pereira among others. In this case, a good reading of the working site and its surroundings is also extremely important. The scarp presents itself as a natural element of relief in the intervention site and is in need of a solution that ennobles her. It’s made an historical and geological reading of this noble space for us to understand and observe its natural qualities. Lastly, the projetual proposition is explored and presented. The use of several models is very important because of its easy handling and instant reading that the process presents.
Descrição: Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Arquitetura, apresentada na Universidade de Lisboa - Faculdade de Arquitetura.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7806
Aparece nas colecções:BFA - Teses de Mestrado / Master Thesis
DPAUD - Tese de Mestrado / Master Thesis



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.