Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7796
Título: The changing face of entrepreneurs in Portugal
Autor: Gomes, Inês Freitas
Orientador: Venâncio, Ana
Palavras-chave: Empreendedores
Fundadores
Start-ups
Características
Género
Idade
Experiência
Educação
Dimensão
Sobrevivência
Entrepreneurs
Founders
Characteristics
Gender
Age
Experience
Education
Venture size
Firm survival
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Gomes, Inês Freitas (2014). "The changing face of entrepreneurs in Portugal". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Este estudo avalia as mudanças no empreendedorismo em Portugal. Mais especificamente, analisa as características dos fundadores e das start-ups que mudaram nas últimas três décadas (1980 , 1990 e 2000). Para elucidar esta pesquisa , utilizamos dados portugueses , a partir de uma base de dados com informações acerca da empresa e do respetivo fundador. Os empreendedores portugueses são predominantemente do sexo masculino, de meia-idade com menor nível de escolaridade . Em termos de género , não houve diferenças significativas ao longo dos anos. O número de empreendedoras está a diminuir desde 1986 pois ainda são uma minoria na nossa amostra. O número de empreendedores jovens está a crescer desde 1986, mas a uma taxa decrescente a partir de 2000. Por último, assiste-se a uma diminuição no número de empreendedores com níveis de educação superior em Portugal. O número de start-ups fundadas por indivíduos com baixos nível de escolaridade está a aumentar desde 1986. Durante o período em análise , o nível médio de educação foi o que sofreu mais alterações. Até 2000, o número de empreendedores com um nível médio de educação aumentou e posteriormente diminui no último período. Adicionalmente, verificámos que a dimensão das start-ups está a diminuir cada vez mais. Em termos de sobrevivência, a probabilidade das start-ups sobreviverem tem aumentado, especialmente no último período.
This study evaluates the changes on entrepreneurial activity in Portugal. More specifically, it analyzes which start-ups and founder?s characteristics changed between the last three decades (1980, 1990 and 2000). To enlight this research, we employ Portuguese data, from a matched employer- employee database. Portuguese entrepreneurs are predominantly middle-aged male with lower education levels. In terms of gender, there was not changes overtime. Female entrepreneurs are decreasing since 1986, being yet a minority in our sample. The number of young entrepreneurs is increasing since 1986 but in a contracting decreasing rate after 2000. Lastly, we assist to a decrease on the number of highly educated entrepreneurs in Portugal. The number of start-ups? founded by very low educated individuals is been increasing since 1986. During the period of analysis, medium education was the education level that suffered more changes. Until 2000, the number of medium educated entrepreneurs increased and then decreased in the last period. We also find that start-ups are becoming smaller. In terms of start-up survival, the probability has increased specially in the last period.
Descrição: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7796
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-IFG-2014.pdf954,68 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.