Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7783
Título: Ensaio sobre as estratégias de desenvolvimento da União Europeia : da Agenda de Lisboa à Estratégia Europa 2020
Autor: Pagaimo, Joana Margarida Sousa
Orientador: Lopes, João
Palavras-chave: Agenda de Lisboa
Europa 2020
União Europeia
Portugal
Austeridade
Lisbon Agenda,
Europe 2020
European Union
Austerity
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Pagaimo, Joana Margarida Sousa (2014). "Ensaio sobre as estratégias de desenvolvimento da União Europeia : da Agenda de Lisboa à Estratégia Europa 2020". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: A presente dissertação analisa a evolução de duas estratégias de desenvolvimento económico da União Europeia - a Agenda Lisboa e a Estratégia Europa 2020. A primeira pretendia tornar a União Europeia no espaço mais competitivo e produtivo do mundo até 2010, objetivo de tal forma ambicioso que teve de ser abandonado. A Estratégia Europa 2020, atualmente em vigor, tenta redefinir esses objetivos, advogando um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo. Apesar dos relançamentos e constantes adaptações das estratégias, os objetivos propostos parecem cada vez mais difíceis de alcançar, devido, essencialmente, às políticas de austeridade e a algumas reformas europeias que têm vindo a ocorrer. Foram analisados diversos relatórios, de alto nível e da Comissão Europeia, que mencionam as principais ameaças às estratégias, mas também várias obras relacionadas com a austeridade e a crise do euro. Aparentemente, seria necessário que a UE2020 contemplasse as principais raízes da crise, afirmando-se como potencial solução da mesma em vez de seu resultado nefasto.
The following dissertation analyses the evolution of two European Union strategies for economic development ? the Lisbon Agenda and the Europe 2020 Strategy. The former aimed at transforming the European Union into the most competitive and productive economy in the world, a goal so ambitious that had to be abandoned. The Europe 2020 Strategy, currently in effect, tries to redefine those goals, advocating an intelligent, sustainable and inclusive growth. Despite the relaunching of the strategy and constant adaptations, the proposed goals seem even harder to achieve, essentially due to the austerity policies and a few European reforms that have been implemented. We have not only analysed various high-level and European Comission reports concerning the main threats to the strategies, but also several works pertaining to austerity and to the Euro crisis. It appears it would be necessary for the EU2020 to contemplate the main roots of the crisis, asserting itself as a potential solution for it, instead of its harmful result.
Descrição: Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7783
Aparece nas colecções:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-JMSP-2014.pdf1,63 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.