Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7728
Título: Preliminary investigation into fixation of the distal tibial tuberosity in the modified maquet procedure
Autor: Alves, Pedro Alexandre Palhais
Orientador: Ness, Malcolm Graham
Carreira, Luís Miguel Alves
Palavras-chave: Orthopaedic wire
Orthopaedic staple
Modified Maquet Procedure
Fixation
Mechanical testing
Arame ortopédico
Agrafo ortopédico
Fixação
Teste mecânico
Data de Defesa: 30-Dez-2014
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Alves, P.A.P. (2014). Preliminary investigation into fixation of the distal tibial tuberosity in the modified maquet procedure. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Cranial cruciate ligament rupture is one of the most common causes of lameness in the dog, having a significant impact in Veterinary Medicine. From the plethora of available options, it has yet to be found the perfect treatment for this condition. The Modified Maquet Procedure (MMP) for the advancement of the tibial tuberosity (TT) provides a surgical alternative to existing techniques. In the MMP, stabilization of the distal TT is supported by the placement of an orthopaedic staple or orthopaedic wire in a figure-of-eight pattern. In this in vitro mechanical study, we tested the behaviour of different types of implants used in the stabilization of the distal TT, when submitted to an acute monotonic unidirectional axial load. Three sizes of wire (0.8, 1.0, 1.2 mm diameter) and two sizes of staple (1.6 mm, 2.0 mm width) were used. A specimen consisted of two rigid foam polyurethane blocks, linked up by an orthopaedic staple or orthopaedic wire in a figure-of-eight pattern. There were 50 samples in total, organized in 10-sample groups according to implant type. Testing was performed in a universal materials testing machine, with each sample submitted to 20 N preload and distracted at 5 mm/min until failure of the construct. The recorded parameters were: displacement at 100 N (D100), 200 N (D200), and failure (DFAIL), load to failure (LTF), stiffness (STIF), yield load (YL), and mode of failure. Mean D100 was highest in group 0.8, and no significant differences were shown between groups 1.2, 1.6 and 2.0. The highest mean D200 was seen in group 0.8, with no significant differences between groups 1.6 and 2.0. Regarding DFAIL, all groups were significantly different from each other (p < 0.05), with group 1.0 showing the highest mean. Results failed to show a significant difference in mean LTF between groups 1.0, 1.6, and 2.0, with the highest values being observed in group 1.2. Mean STIF was highest for the 2.0 group, and no significant differences were seen between groups 0.8, 1.0 and 1.2. Results failed to show a significant difference in mean YL between groups 1.6 and 2.0, with group 1.2 showing the highest YL values. All the specimens failed by knot untwisting in groups 0.8 and 1.0, and by block breakage in the remaining groups. Based on our results the 2.0 width orthopaedic staple proved to be the most advantageous option. Given the poorer performance we would not recommend using the 0.8 mm and 1.0 mm wire.
RESUMO - ESTUDO PRELIMINAR SOBRE A FIXAÇÃO DA TUBEROSIDADE TIBIAL DISTAL NO MODIFIED MAQUET PROCEDURE - A ruptura do ligamento cruzado cranial é uma das causas mais frequentes de claudicação em cães, tendo um impacto significativo em Medicina Veterinária. Apesar de haver uma miríade de tratamentos, ainda não há um superior aos restantes. O Modified Maquet Procedure (MMP) para o avanço da tuberosidade tibial (TT) é uma alternativa cirúrgica às técnicas já existentes. No MMP utiliza-se arame ortopédico em figura-de-oito ou um agrafo ortopédico como suporte à estabilização da TT distal. Neste estudo mecânico in vitro, testou-se o comportamento de diferentes tipos de implantes usados na estabilização da TT distal, quando submetidos a uma carga axial, unidireccional e monotónica. Usou-se arame de três diâmetros diferentes (0.8, 1.0, e 1.2 mm) e agrafos de duas espessuras diferentes (1.6 e 2.0 mm). Cada espécimen foi consituído por dois blocos de poliuretano de espuma rígida unidos por um agrafo ortopédico ou arame ortopédico em figura-de-oito. No total testaram-se 50 amostras, organizadas em grupos de 10, de acordo com o tipo de implante. As amostras foram testadas numa máquina de teste de materiais universal, e cada uma delas submetida a 20 N de pré-carga e a uma velocidade de distracção de 5 mm/min ate colapsarem. Os parâmetros registados foram: deformação aos 100 N (D100), 200 N (D200), e à ruptura (DFAIL), tensão à ruptura (LTF), rigidez (STIF), tensão de limite elástico (YL) e modo de ruptura. D100 médio foi mais alto no grupo 0.8, sem se observar diferenças significativas (DF) entre os grupos 1.2, 1.6 e 2.0. No grupo 0.8 observou-se o D200 médio mais elevado e ausência de DF entre os grupos 1.6 e 2.0. No que toca ao DFAIL, todos os grupos foram significativamente diferentes (p < 0.05), com o grupo 1.0 a obter a média mais alta. Não se registaram DF entre os grupos 1.0, 1.6 e 2.0 no que toca a LTF, tendo o grupo 1.2 a média mais alta. O grupo 2.0 registou a STIF média mais elevada, sem se observar DF entre os grupos 0.8, 1.0 e 1.2. Não se observou DF na YL média entre os grupos 1.6 e 2.0, tendo-se observado os valores mais altos no grupo 1.2. Nos grupos 0.8 e 1.0 todas as amostras colapsaram devido ao desenrolamento do arame. Nos restantes grupos as amostras colapsaram todas por quebra dos blocos. Com base nestes resultados, o agrafo ortopédico com 2.0 mm de espessura parece ser o tipo de implante mais vantajoso. Dada a pior performance das amostras com arame de 0.8 e 1.0 mm de espessura, não se recomenda o seu uso.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7728
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Preliminary Investigation into Fixation of the Distal Tibial Tuberosity in the Modified Maquet Procedure.pdf2,44 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.