Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7697
Título: A qualidade do emprego no sector terciário em Portugal
Autor: Alves, Maria de Lurdes Rodrigues Batista
Orientador: Casaca, Sara Falcão
Palavras-chave: NFOT
GRH
flexibilidade
qualidade no emprego
NFWO
HRM
Flexibility
Job Quality
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Alves, Maria de Lurdes Rodrigues Batista (2014). "A qualidade do emprego no sector terciário em Portugal". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Com este trabalho pretendeu-se caracterizar e analisar o setor dos serviços em Portugal no que concerne à qualidade do emprego, utilizando para o efeito os dados estatísticos do 5º Inquérito às Condições do Trabalho da Fundação Europeia (EUROFOUND). Procedeu-se à análise descritiva e multivariada de variáveis como a autonomia, o conteúdo e organização do trabalho, a segurança laboral e a satisfação com o trabalho. Os dados refletem uma qualidade de emprego nos serviços ainda ténue. Mesmo quando alguns valores parecem contrariar esta ilação, não são consubstanciados nos resultados, evidenciando uma reduzida expansão de NFOT relacionadas com o modelo qualificante, constrangimentos na participação organizacional e no desenvolvimento pessoal, fraca aposta em trabalho de equipas polivalentes e autónomas, baixa autonomia e reduzida capacidade de decisão, refletindo, quase sempre, a opção pela "via baixa" da competitividade. Nas práticas de organização do trabalho verificam-se considerável variação em função das subáreas de atividade que integram os serviços, divergindo entre os grupos socioprofissionais. Os subsetores onde se observa adesão a práticas qualificantes são a área financeira com melhores resultados na decisão, polivalência, qualificação e perspetivas de carreira e a saúde/ação social, com os níveis mais elevados de trabalho em equipa e rotatividade de tarefas. Nesta linha, são os quadros superiores da administração pública, directores/as docentes ou profissionais de saúde que mais se destacam face à autonomia e qualidade intrínseca do trabalho; por outro lado, confrontados com a fraca qualidade de emprego, estão os profissionais de receção e atendimento telefónico e os/as trabalhadores/as classificados/as como não qualificados/as.
With this paperwork I meant to characterize and analyse the service sector in Portugal in regards to job quality, using the statistic data of the 5th European Working Conditions Survey (EUROFOUND). A descriptive and multivariate analysis was done around variables such as autonomy, work content and organisation, occupational safety and satisfaction in work. The data reflect a still thin job quality in services. Even when some figures seem to deny this conclusion, that they are not funded in the other variables, showing a narrow growing of NFWO related to the qualifying model, constraints in the organizational participation and in the personal development, a slim bet in multivalent and autonomous working teams, low autonomy and reduced capacity of making decisions, reflecting most times a preference in taking the slow lane of competitiveness. One can tell that work organisation practices embrace a considerable variation in terms of the subareas of activity that make part of services, differing in the social professional groups. Therefore, the subsectors in which one can observe an adhesion to qualifying working practises are Financial Intermediation, with the best results in terms of decision making, multitasking, qualification and career perspectives, and Health/Social Work, with the highest levels of team work and task rotation. In this topic, the ones who step out in terms of autonomy and work inner quality are superior technicians, such as administrators, general managers, teachers or health professionals. On the other hand, phone answering professionals and non-qualified workers are the ones who show less work quality.
Descrição: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7697
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-MLRBA-2014.pdf570,03 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.