Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7658
Título: Fatores institucionais na internacionalização das PMEs portuguesas para a América Latina
Autor: Santos, André Filipe Freitas Esteves Brás dos
Orientador: Silva, Joaquim Ramos
Palavras-chave: IDE
PMEs
instituições
internacionalização portuguesa
América Latina
FDI
SMEs
institutions
Portuguese internationalization
Latin America
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Santos, André Filipe Freitas Esteves Brás dos (2014). "Fatores institucionais na internacionalização das PMEs portuguesas para a América Latina". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: O presente estudo examina o apoio prestado pelas instituições portuguesas no processo de internacionalização das PMEs para a América Latina, à luz das teorias do IDE, Comércio Internacional e do Institucionalismo. Para identificar o perfil de internacionalização das PMEs, os pontos fortes e fracos das instituições que prestam apoio ao processo de internacionalização, e a perceção das empresas sobre o processo e apoios recebidos, elaborou-se um inquérito distribuído a 5872 PMEs. Responderam 107 empresas, tendo-se procedido à análise quantitativa dos dados e obtido um conjunto de conclusões, cuja principal limitação resulta na impossibilidade de inferência estatística para a população de PMEs identificadas. Constatou-se que as empresas seguem o processo gradual de internacionalização para a América Latina, que a maioria só se dedica à exportação, procurando diretamente o cliente. Em relação ao IDE, foi verificado que são poucas as PMEs com investimentos na América Latina. Na avaliação feita às instituições que procuram auxiliar o processo de internacionalização das empresas portuguesas, foi identificado um conjunto de falhas no processo de atuação das mesmas.
This study examines the support provided by the Portuguese institutions on the internationalization of SMEs in Latin America, according to the theories of FDI, International Trade and Institutionalism process. To identify the SME internationalization's profile, the strengths and weaknesses of the institutions that provide support to the internationalization process, and the perception of firms about the process and support received, it was elaborated a survey distributed to 5872 SMEs. Only 107 companies have responded, and the collected data were subjected to quantitative data analysis, which allowed obtaining a set of conclusions; however with the impossibility to make a statistical inference to the population of SMEs identified. It was found that companies follow a gradual internationalization's process to Latin America, and that most of the companies only engaged in export, searching their customers directly. Regarding the FDI, it was found few SMEs with investments in Latin America. In assessment to institutions that assist the internationalization's process of the Portuguese companies, it was identified a set of shortcomings in their performance.
Descrição: Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7658
Aparece nas colecções:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-AFFEBS-2014.pdf1,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.