Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/762
Título: Sistemas de e-procurement: usando a regressão logística para testar empiricamente um modelo conceptual que explica a sua adopção por empresas com actividade em Portugal
Autor: Aguiar, António Manuel Soares
Orientador: Reis, António Palma dos
Palavras-chave: electronic Procurement systems
institutional theory
logistic regression
propensity of adoption
survey method
technology-organization-environment framework
Data de Defesa: Mar-2007
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Aguiar, António Manuel Soares. 2007. "Sistemas de e-procurement: usando a regressão logística para testar empiricamente um modelo conceptual que explica a sua adopção por empresas com actividade em Portugal". Tese de Doutoramento. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Os Sistemas de e-Procurement (SEP) constituem o principal tema deste trabalho de investigação. Um dos objectivos deste estudo consiste em identificar os factores que levam uma determinada organização a adoptar ou não, um sistema de informação que suporta o processo de aquisição de alguns bens e serviços para as organizações. Para além disso, o estudo evidencia as diferenças entre os adoptantes de SEP e os não adoptantes, propõe um modelo matemático para calcular a probabilidade de uma dada organização adoptar um SEP e identifica os sectores de actividade económica onde é maior a propensão de adopção de SEP. Com a concretização destes objectivos dá-se um contributo positivo, não apenas à comunidade científica mas também a outros agentes económicos, nomeadamente aos fornecedores de SEP e aos gestores em geral. Efectuada a revisão da literatura sobre SEP, procurámos analisar os principais modelos de adopção de inovação tecnológica, nomeadamente o modelo baseado nos contextos organizacional-tecnológico-ambiental e a teoria institucional. Foi essencialmente com base nesses dois vectores que se desenvolveu o modelo conceptual explicativo da intenção de adopção dos SEP, do qual se derivaram as hipóteses de investigação explicadas ao longo do capítulo 3. Postulamos que a intenção de adopção dos SEP por parte das organizações Portuguesas está associada aos seguintes factores: (1) dimensão da organização, (2) dispersão geográfica, (3) competência tecnológica, (4) estado de preparação dos seus fornecedores para desenvolverem transacções electrónicas, (5) grau de penetração dos SEP nos seus concorrentes e (6) grau de sucesso dos SEP nos seus concorrentes. Em termos epistemológicos adoptamos uma postura característica do Positivismo. Já no que concerne à metodologia de investigação seguiram-se as fases do método hipotético-dedutivo. De facto, o estudo desenvolvido é correlacionai, seccional e testa um conjunto de seis hipóteses. Adoptamos como unidade de análise a organização empresarial e faz-se um estudo de campo com base nas maiores organizações com actividade económica em Portugal. Para testar as hipóteses realizamos um conjunto de testes estatísticos, entre os quais o teste-t, a análise factorial confirmatoria e a regressão logística, usando para o efeito as ferramentas estatísticas apropriadas, nomeadamente o SPSS e o AMOS. Analisados os resultados, conseguiu-se obter evidência estatística que permitiu confirmar as hipóteses inerentes aos factores (1), (3), (4), (5) e (6). A utilização da regressão logística forneceu evidência suplementar no sentido de se poder considerar os factores (1), (3), (4) e (5) como sendo elementos determinantes e significativos para se poder calcular a probabilidade de uma dada organização poder vir a adoptar um Sistema de e-Procurement. Adicionalmente foi possível obter evidência de que as empresas do sector do comércio apresentam uma maior propensão para a adopção dos SEP do que as empresas do sector da indústria ou dos serviços.
Once the factors that foster electronic Procurement systems adoption are identified, economic agents may act accordingly and develop better programs in order to achieve their objectives. Towards identifying such factors we reviewed the literature and developed a model that explains electronic-Procurement systems (EPS) adoption, considering the technology-organization-environment framework as well as the institutional theory. This model was tested with data collected from the 2500 largest companies operating in Portugal. Based on the t-test for equality of means we found evidence that EPS adoption is positively and significantly associated to (1) firm size; (2) technology competence; (3) the perception companies have about the EPS success of their competitors; (4) the extent of adoption among competitors; and (5) the trading partner readiness to perform electronic transactions. The logistic regression supplied further evidence that technology competence, firm size, extent of adoption among competitors and trading partner readiness provide a reasonable estimate for each firm's likelihood to adopt EPS. We also found evidence that firms which main activity is commerce are more likely to adopt EPSs than firms operating on manufacturing or services industries.
Descrição: Doutoramento em Gestão
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/762
Aparece nas colecções:DG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis
BISEG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TD vs definitiva 2 20mar07.pdf696,02 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.