Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7578
Título: Risco da alimentação de vitelos com leite não aproveitado para consumo humano
Autor: Rebelo, Inês Bento
Orientador: Esteves, José Caeiro
Bexiga, José Ricardo Dias
Palavras-chave: E. coli
Leite de desperdício
Antimicrobianos
Resistências
Vitelos
Waste milk
Antimicrobials
Resistance
Calves
Data de Defesa: 24-Nov-2014
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Rebelo, I.B. (2014). Risco da alimentação de vitelos com leite não aproveitado para consumo humano. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Com este estudo pretendeu-se avaliar a suscetibilidade a antimicrobianos de isolados de Escherichia coli, obtidos a partir de fezes de vitelos, e a sua relação com diferentes formas de maneio utilizadas nas explorações. Fizeram parte deste trabalho 37 explorações bastante diferentes entre si, quer quanto à dimensão (desde 16 até 715 vacas em ordenha), quer em relação às práticas de maneio e alojamento dos vitelos, apresentando em média 160 animais em ordenha no dia da realização do questionário integrante deste estudo. Os dados usados no trabalho foram obtidos através de um questionário elaborado para o efeito e de amostras de fezes de vitelos de raça Holstein-Frísia das diferentes explorações. O questionário era constituído por 21 perguntas de escolha múltipla ou resposta curta, de forma a caracterizar a exploração e as suas práticas habituais, tendo os dados obtidos sido processados em Excel®. As amostras foram obtidas por recolha direta a partir da ampola retal removendo-se deste modo uma pequena porção de fezes para a qual contribuíram 5±1 vitelos para cada amostra. A partir destas obtiveram-se 162 isolados de E.coli, identificados presuntivamente através de galeria IMViC. Os testes de suscetibilidade foram efetuados através do método de difusão, por discos com os seguintes antimicrobianos: amoxicilina/ácido clavulânico (20/10 μg), enrofloxacina (5 μg), gentamicina (10 μg), tetraciclina (30 μg), sulfametoxazole/ trimetoprim (23,7/1,25 μg) e ceftiofur (30 μg). Os resultados foram interpretados de acordo com as normas M31-A3 (CLSI, 2008). Os resultados obtidos mostraram que a resistência dos isolados de E. coli foi de 31,1% a amoxicilina/ácido clavulânico, 33,1% a enrofloxacina, 17,2% a gentamicina, 76,2%, a tetraciclina, 49,7% a sulfametoxazole/ trimetoprim e 57,6% a ceftiofur. Dezasseis dos 151 isolados foram considerados suscetíveis (11%), 33 apresentaram-se com resistência simples (21,9%), 28 com resistência múltipla (18,5%) e 74 multirresistentes (49%). Foi possível estabelecer uma relação entre a administração de leite de desperdício contendo resíduos de antimicrobianos, e o aparecimento de isolados multirresistentes. O mesmo foi verificado em relação à administração de aminosidina de forma profilática. Observou-se, também, que a presença na exploração de mais de 50 animais em ordenha estava relacionada com o aparecimento de multirresistências em E. coli.
ABSTRACT - Risk of feeding calves with waste milk unfit for human consumption - The present study sought to assess the antimicrobial susceptibility of Escherichia coli isolates obtained from calves’ faeces and their relationship with different management practices used in dairy farms. The study was based on 37 different farms that differed on size (from 16 to 715 milking cows), husbandry practices and housing of calves, representing an average of 160 lactating animals on the day the study questionnaire was performed. The data used in this study was obtained from a questionnaire prepared for this purpose and from stool samples of Holstein–Friesian calves from the different farms. The questionnaire consisted of 21 multiple choice or short answer questions, in order to characterize the farming operation and its usual practices, and the acquired data processed in Excel®. Faecal samples were obtained by removing a small portion of faeces from the rectal ampulla, with 5 ± 1 calves contributing to each sample. From these samples, 162 E. coli isolates were obtained, presumptively identified through IMViC gallery. Susceptibility tests were performed by the disc diffusion method with the following antimicrobials: amoxicillin/clavulanic acid (20/10 μg), enrofloxacin (5 μg), gentamicin (10 μg), tetracycline (30 μg), sulfamethoxazole/trimethoprim (23,7/1,25 μg) and ceftiofur (30 μg). The results were interpreted according to guidelines M31 - A3 (CLSI, 2008). The results obtained show that resistance of E. coli strains was: 31,1% to amoxicillin/clavulanic acid, 33,1% to enrofloxacin, 17,2% to gentamicin, 76,2% to oxytetracycline, 49,7% to sulfamethoxazole/trimethoprim and 57,6% to ceftiofur. Sixteen of the 151 isolates were considered susceptible (11%), 33 presented single resistance (21,9%), 28 with multiple resistance (18,5%) and 74 were multiresistant (49%). It was possible to establish a relationship between the administration of waste milk containing antimicrobial residues, and the presence of multiresistant isolates. The same was found in relation to the prophylactic administration of aminosidine. Also, it was observed that the existence of multiresistance in E. coli isolates, was linked to the presence of more than 50 lactating animals per farm.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7578
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Risco da Alimentação de Vitelos com Leite Não Aproveitado para Consumo Humano.pdf2,24 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.