Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7551
Título: Aspectos sócio-organizacionais da utilização de EDI
Autor: Begonha, Rodolfo Miguel Dinis dos Santos Bacelar
Orientador: Kovács, Ilona
Palavras-chave: EDI
Tecnologia
Reengenharia
Sector Editorial Português
Technology
Reengineering
Portuguese Editorial Sector
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Begonha, Rodolfo Miguel Dinis dos Santos Bacelar (2014). "Aspectos sócio-organizacionais da utilização de EDI". Tese de Doutoramento, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Não esquecendo um enquadramento livre sobre o pensamento de vários autores a partir do século XIX com Karl Marx, e, evocando o actual contexto marcado pela globalização e pela rápida expansão de novas tecnologias de informação e de comunicação que mudaram o nosso dia-a-dia, esta tese procura estudar e discutir as consequências sócio-organizacionais da utilização de EDI – electronic data interchange. Atendendo ao tipo de mudanças em questão, é dado um destaque à reengenharia de processos: uma forma de mudança organizacional que considera a tecnologia de informação como uma ferramenta importante. Para efeitos deste estudo, utilizando várias ferramentas de recolha de dados, efectua-se uma incursão empírica focalizada no sector editorial português, abordando de forma inédita as relações entre as empresas que o integram e os seus grandes clientes, ou seja, as grandes cadeias de distribuição. Além da obrigatória caracterização deste sector, trata-se designadamente de entrar no “universo” - relativamente desconhecido e potencialmente polémico - das interacções entre este tipo de fornecedores e clientes, do poder relativo entre ambos e das possíveis transformações que a adopção do EDI acarreta para as organizações. São tratados os motivos pelos quais as editoras adoptam esta forma de integração electrónica com os clientes
Without neglecting a free interpretation on the thinking of several authors from the 19th century, starting with Karl Marx, and taking into account the current circumstances influenced by globalization and rapid spread of new information and communication technologies that have changed our daily life, this thesis seeks to study and discuss the socio-organizational consequences of the use of EDI - electronic data interchange. Given the nature of this change, it is given a special emphasis on business process reengineering: a way of organizational change that considers information technology as an important tool. For the purposes of this study, using various tools for data collection, it will be carried out an empirical incursion focused on the Portuguese editorial sector, addressing by an unprecedented way the relations between companies that integrate that sector and its major customers, i.e. the large distribution chains. In addition to the required sector‟s characterization, this work namely goes towards the "universe"- relatively unknown and potentially controversial – made of interactions between such suppliers and customers, of the relative power between both of them and of the possible transformations that the adoption of EDI carries to organizations. This analysis includes the reasons why publishers use EDI.
Descrição: Doutoramento em Sociologia Económica e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7551
Aparece nas colecções:DCS - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis
BISEG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.