Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7480
Título: O efeito da abertura comercial na atractividade do investimento directo estrangeiro : os Estados Membros da União Europeia de 1993 a 2012
Autor: Nogueira, Pedro Archer Pinheiro Leme
Orientador: Silva, Joaquim Ramos
Palavras-chave: Investimento Directo Estrangeiro
Internacionalização
Abertura Comercial
União Europeia
Foreign Direct Investment
Internationalization
Trade Openness
European Union
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Nogueira, Pedro Archer Pinheiro Leme (2014). "O efeito da abertura comercial na atractividade do investimento directo estrangeiro : os Estados Membros da União Europeia de 1993 a 2012". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: O presente trabalho busca analisar os efeitos do nível de abertura comercial nos Estados-Membros da União Europeia (UE) sobre o montante de Investimentos Directos Estrangeiros (IDE) atraído por esses países no período de 1993 a 2012. Diante de um contexto empírico de aceleração global dos fluxos de IDE, este estudo de caso baseado na corrente teórica conhecida como o Paradigma Ecléctico (Dunning, 2001) estuda a hipótese de que a abertura comercial possui uma forte influência positiva na atractividade de IDE. Os resultados sugerem uma insignificância estatística quando considerados todos os membros da UE, mas uma relação negativa quando estudados apenas aqueles do Centro e do Leste da Europa e uma influência positiva no Sul do continente.
This study aims to analyze the effects of the level of trade openness in the Member States of the European Union (EU) on the amount of Foreign Direct Investments (FDI) attracted by these countries in the period from 1993 to 2012. Faced with an empirical context of accelerating global FDI flows, this case study based on the theoretical basis known as the Eclectic Paradigm (Dunning, 2001) studies the hypothesis that trade openness has a strong positive influence on the attractiveness of FDI. The results suggest a statistical insignificance when considered all members of the EU, but a negative relationship when studied only those from Central and Eastern Europe and a positive influence in Southern Europe.
Descrição: Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7480
Aparece nas colecções:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-PAPLN-2014.pdf948,56 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.