Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7379
Título: The portuguese households? Indebtedness
Autor: Pereira, Rita Maria Henriques
Orientador: Amaral, João Ferreira do
Palavras-chave: Famílias Portuguesas
Indicadores de Alerta Preventivo
Endividamento
Crédito
Households
Indebtedness
Early Warning Indicators
Credit
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Pereira, Rita Maria Henriques (2014). "The portuguese households Indebtedness". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Desde a crise financeira de 2008 que as autoridades têm estado particularmente atentas à necessidade de estarem munidas com "indicadores de alerta preventivo" relativamente à estabilidade financeira. Aliás, o Comité de Basileia sobre Supervisão Bancária sugere a análise da diferença entre o rácio do crédito ao sector privado e o PIB e a respectiva tendência de longo prazo, apesar de ser criticado pela sua fraca adequação a países que tenham tido um rápido crescimento do crédito. Nas últimas duas décadas Portugal tem assistido a um aumento dramático do endividamento das famílias e o objectivo desta tese é precisamente examinar as razões para este aumento, analisando o rácio do crédito doméstico ao sector privado e o PIB. As principais conclusões são a não adequação da sugestão do Comité de Basileia sobre Supervisão Bancária para Portugal e a quebra da ligação entre o crédito e os depósitos desde 1992.
Since the 2008's financial crisis authorities have been particularly aware about the necessity of being provided with "early warning indicators" regarding financial stability. In fact, the Basel Committee on Banking Supervision suggests the analysis of the difference between the private sector credit-to-GDP ratio and its own long-term trend even though it has been criticized for its poor suitability to countries that have had a rapid credit build-up. For the past two decades Portugal has witnessed a dramatic indebtedness increase among households and the aim of this paper is precisely to examine the reasons for this increase by analysing the ratio of domestic credit to the private sector to GDP. The main conclusions are the non-suitability of the Basel Committee on Banking Supervision approach for Portugal and the break of the link between deposits and credit from 1992 onwards.
Descrição: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7379
Aparece nas colecções:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-RMHP-2014.pdf330,73 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.