Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7193
Título: Importância da implementação de uma unidade de cuidados intensivos em âmbito hospitalar
Autor: Menezes, Marta Furtado
Orientador: Félix, Nuno Manuel Mira Flôr dos Santos
Fontes, Magda Aguiar de Andrade
Palavras-chave: Unidade de Cuidados Intensivos
Medicina Intensiva
Triagem Sistemas de Scores
Custos de implementação
Intensive Care
Intensive Care Medicine
ICU Scoring Systems
Patienttype costs
Data de Defesa: 9-Mai-2014
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Menezes, M.F. (2014). Importância da implementação de uma unidade de cuidados intensivos em âmbito hospitalar. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa
Resumo: Os cuidados de saúde prestados tanto em Medicina Humana como em Veterinária estão em constante evolução e modernização e, como tal, um bom clínico deve estar em aprendizagem contínua de modo a poder praticar a sua profissão da melhor maneira possível elevando ao máximo a qualidade de serviço prestado ao seu cliente e respectivo proprietário. A Medicina Intensiva, representa uma área dedicada à monitorização constante de pacientes em condições não fisiológicas reversíveis que ameaçam uma ou mais funções vitais e que, por tal, necessitam de acompanhamento médico intensivo. A prestação de cuidados intensivos é geralmente realizada numa área específica dos establecimentos hospitalares denominada Unidade de Cuidados Intensivos (UCI). Estas, deverão estar equipadas com uma vasta gama de equipamentos e materiais que tornem as tarefas de monotorização e intervenções terapêuticas o mais rápidas e eficazes possíveis com o mínimo de manipulação animal. O staff da UCI, tanto médicos veterinários como enfermeiros e auxiliares, deve estar devidamente treinado e qualificado, inclusivé acreditado, para trabalhar nesta secção do hospital. São inúmeras as doenças que beneficiam com uma estadia numa UCI nomeadamente aquelas que afectam os sistemas cardiovascular, respiratório, neurológico, gástrico, renal e hematológico. Um sistema de triagem funcional é essencial no diagnóstico precoce e respectivo internamento nas UCIs. Sistemas de scores humanos adaptados à Medicina Veterinária poderão ser implementados de modo a estimar a evolução terapêutica, tempo de recuperação e prognóstico dos pacientes críticos internados. De referir que as UCIs deverão ser destinadas a pacientes com condições reversíveis e nunca como unidades de tratamento paliativo ou geriátrico. Em Portugal, esta área da Medicina Veterinária surgiu muito recentemente e, apesar de já existirem algumas unidades espalhadas pelo país, muitas delas encontram-se incompletas em termos de equipamentos e materiais e carecem de qualificação do staff que nela trabalha. Os custos fixos e variáveis inerentes à sua implementação inicial e funcionamento regular são elevados mas devem ser encarados como necessários em ambiente hospitalar.
ABSTRACT - The importance of implementing an Intensive Care Unit in a hospital ambit - In Veterinary Medicine, just like in Human Medicine, the level of health care is in constant evolution and development which makes it important for the veterinary practitioner to accompany this modernization process in order to maximize the quality of his or her craft regarding the patient and its owner. Intensive Care Medicine is one of the many branches of Veterinary Medicine dedicated to the continuous monitoring and treatment of patients with reversible non physiological conditions that threaten one or more vital parameters and that require round the clock care. The practicing of Intensive Care Medicine is done in a specific area of a hospital called the Intensive Care Unit (ICU). These units should be equipped with a great variety of equipment and materials that allow fast and effective monitoring and therapeutic interventions with minimal animal handling in order to minimize patient stress and prognosis aggravation. The staff working in these ICUs should ideally be board certified physicians or at least have some proper training and experience in the field. A great number of medical conditions benefit greatly from a short term admission and stay in the ICU, especially those involving the cardiovascular, respiratory, gastrointestinal, renal, neurological and hematological systems. An effective triage system is a key factor in the early diagnoses and treatment process of critically ill patients. Human scoring systems, adapted to Veterinary Medicine, can be implemented in order to predict therapeutic evolution, recovery time and prognosis of critical patients. ICUs should not be used for terminal, palliative or geriatric care. In Portugal, this branch of Veterinary Medicine is only now, very recently, been tapped in to. A few hospital units have begun to offer this type of service, however, their facilities lack in equipment and staff qualification and knowledge. The costs involving the initial equipping of the ICUs are high as well as the monthly expenses concerning the staffing of the unit itself and materials consumed but should be looked upon as an important mean to optimize patient care.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7193
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Importância da Implementação de uma Unidade de Cuidados Intensivos em âmbito hospitalar.pdf2,27 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.