Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7093
Título: Caracterização da utilização de antimicrobianos em produção animal
Autor: Ferreira, Inês Margarida dos Santos
Orientador: Costa, José Manuel Gaspar Nunes
São Braz, Berta Maria Fernandes Ferreira
Palavras-chave: Alimentos medicamentosos
Antibióticos
Suinicultura
Uso prudente
Redução
Medicated feed
Antibiotics
Pig production
Prudent use
Reducing
Data de Defesa: 14-Jul-2014
Citação: FERREIRA, I. M. S. (2014). Caracterização da utilização de antimicrobianos em produção animal: alimentos medicamentosos em suinicultura. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa
Resumo: O célere aparecimento de resistências bacterianas, torna fulcral a redução e, principalmente, o uso prudente dos antibióticos. Contudo, para comprovar essa redução são necessários dados do consumo de antibióticos em medicina veterinária que atualmente não se encontram disponíveis em Portugal. Assim neste trabalho procurou-se reunir informação referente ao recurso a antibióticos veiculados nos alimentos medicamentosos produzidos em Portugal, caracterizando-o qualitativa e quantitativamente, sendo que estes representam cerca de 70% do consumo total de antibióticos em produção animal no país. Para além disso, procurou-se caracterizar o processo de fabrico dos alimentos medicamentosos em Portugal, o qual é fulcral para a produção de alimentos seguros para animais. Em 2012 Portugal produziu a nível industrial 395 102 toneladas de alimentos medicamentosos destinados à produção animal, nos quais foram incorporados um total de 64 895 kg de substâncias ativas antimicrobianas. As classes de antibióticos mais utilizadas foram as tetraciclinas (22 326 kg), os macrólidos (9 535 kg) e os β-lactâmicos (8 021 kg). A suinicultura, sendo o setor que mais recorre a alimentos medicamentosos, utilizou um total de 314 528 toneladas, seguida da avicultura, bovinicultura e cunicultura. Em 2012, este setor recorreu essencialmente a substâncias que se incluem nas classes das tetraciclinas (10 478 kg), dos macrólidos (5 706 kg) e das pleuromutilinas (3 784 kg), sendo que a recria e a engorda foram as fases que mais utilizaram antibióticos veiculados no alimento medicamentoso, com 7 010 kg e 8 723 kg de antibióticos, respetivamente. O apelo à redução do uso de antibióticos tem sido seguido pelo setor suinícola que passou de uma utilização de 173 kg de antibióticos veiculados no alimento medicamentoso, por número médio de animais na população, em 2010, para 155 kg, por número médio de animais na população, em 2012, representando uma decréscimo de 10,4% da utilização destas substâncias.
ABSTRACT - CHARACTERIZATION OF THE USE OF ANTIMICROBIAL IN ANIMAL PRODUCTION: MEDICATED FEED IN SWINE - The rapid emergence of bacterial resistance becomes crucial for the reduction and, especially, the prudent use of antibiotics in human and veterinary medicine. However, data on the use of antibiotics in livestock production, which are not currently available in Portugal, are needed in order to assess and confirm the appropriate practices in terms of animal husbandry and treatment of animals This study characterizes qualitatively and quantitatively the use of antibiotics through medicated feed produced in Portugal, which consists on 70% of total the antibiotic consumption at national livestock level. In 2012, Portugal produced 395 102 tonnes of medicated feed, with a total of 64,9 tonnes of antibiotic incorporated. The most commonly used classes of antibiotics were tetracycline (22,3 tonnes), followed by macrolides (9,5 tonnes) and β-lactams (8,0 tonnes). Pig production is the sector that consums more medicated feed in a total of 314 528 tonnes, followed by poultry, rabbits and cattle farming. In 2012, the pig industry, essentially used tetracyclines (10,5 tonnes), macrolides (5,7 tonnes) and pleuromutilins (3,8 tonnes). The comsuption of these substances in medicated feed was more important in rearing and fattening phases with 7010 and 8723 kg, respectively. Pig farming follows the reduction of antibiotic use because in 2012 the amount of antibiotics in medicated feed by the average number of animals was 155kg against 173 kg in 2010, representing a decrease of 10,4% in the use of these substances.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7093
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.