Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/7042
Título: Economia informal e políticas em Moçambique : lógicas e práticas dos Mukheristas
Autor: Chivangue, Andes
Palavras-chave: mukhero
economia informal
políticas
pobreza e riqueza
Data: 2014
Editora: ISEG - CEsA
Citação: Chivangue, Andes (2014). "Economia informal e políticas em Moçambique : lógicas e práticas dos Mukheristas". Instituto Superior de Economia e Gestão – CEsA Documentos de Trabalho nº 123-2014
Relatório da Série N.º: CEsA Documentos de Trabalho;nº 123-2014
Resumo: O presente texto discute a relação entre políticas e economia informal em Moçambique, concentrando-se concretamente nas lógicas e práticas dos mukheristas, micro-importadores informais que operam na cidade de Maputo. A análise é feita com base em dois pressupostos teóricos, designadamente: a racionalidade diversa apresentado por Hugon (1999, 2000) e a teoria da acção fundamentada (theory of reasoned action) de Fishbein e Ajzen (2010). A questão central do trabalho é: que percepções de riqueza e de pobreza decorrem da prática do mukhero? Duas das conclusões centrais do texto são: (1) o mukhero permite reduzir pobreza e gerar riqueza, ambos numa extensão limitada; (2) os decisores políticos de topo poderão estar a incentivar deliberadamente a economia informal como estratégia de garantir o controlo do reduzido sector formal do qual tiram dividendos às expensas de toda a sociedade.
Descrição: Artigo adaptado da dissertação de Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/7042
Aparece nas colecções:DE - Documentos de trabalho / Working Papers
CEsA - Documentos de Trabalho / CEsA - Working Papers

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CEsA-WP123.pdf549,69 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.