Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/702
Título: Bases fisiológicas para a distribuição de clones de Eucalyptus globulus Labill. por diferentes áreas edafo-climáticas
Autor: Almeida, Maria Helena
Silva, Filipe Costa e
Shvaleva, A.
Araújo, J.A.
Chaves, Maria Manuela
Pereira, João Santos
Palavras-chave: eucalipto
eucalyptus globulus
clone
região edafo-climática
genotipo
fisiologia vegetal
Data: Mai-2005
Editora: SPCF
Citação: Congresso Florestal Nacional, 5º, Viseu, 2005
Resumo: O Eucalyptus globulus Labill., pela sua importância económica, encontra-se distribuído por todos os países de clima favorável, reflectindo o interesse que têm as suas características intrínsecas como sejam um rápido crescimento e uma superior qualidade da madeira para produção de pasta para papel. Em Portugal, a relevância económica desta espécie traduz-se quer em termos de uma contribuição positiva para a balança comercial quer em termos do investimento feito na plantação de novas áreas florestais. No entanto, devido à restrição ao aumento da área de plantações verifica-se uma crescente exigência em aumentar a produtividade das áreas plantadas, garantindo a sustentabilidade económica, social e ambiental dos ecossistemas florestais. Actualmente, a área clonal de E. globulus é de aproximadamente 15000 ha tendo vindo a aumentar nos últimos anos cerca de 2000 ha por ano, como resultado das melhores técnicas de propagação e dos programas de melhoramento. Uma vez que o nº de clones comercialmente interessantes para a produção e que são utilizados em plantações tem tendência a ser reduzido, torna-se necessário deter um conhecimento mais aprofundado das suas respostas fisiológicas de forma a reduzir o risco inerente a uma diminuição da diversidade genética. Particularmente, e porque em Portugal as plantações ocorrem em áreas onde ocorrem défices hídricos sazonais, havendo uma grande variabilidade interanual no stress hídrico e sendo previsível um agravamento da aridez num futuro próximo, é necessário conhecer detalhadamente os mecanismos de resistência ao stress hídrico de forma a sustentar as decisões de distribuição dos clones por diferentes regiões edafo-climáticas. Este trabalho constitui um primeiro passo para o aprofundamento do conhecimento dos processos fisiológicos, de modo a identificar características biológicas que sirvam de referência à selecção de genótipos, permitindo uma consolidação dos resultados obtidos nos ensaios de campo e, portanto, uma mais ajustada distribuição dos clones pelos seus locais de plantação e crescimento futuro. Especificamente, avaliaram-se em condições controladas os mecanismos de resistência à secura em dois clones de Eucalyptus globulus Labill. com diferente sensibilidade à secura no campo, com base em estudos fisiológicos, biofísicos e morfológicos.
Descrição: Congresso Florestal Nacional: a floresta e as gentes - Actas das Comunicações
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/702
Aparece nas colecções:CEF - Comunicações em Actas de Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Congress5-H.Almeida-Bases.pdf120,38 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.