Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6992
Título: Análise ergonômica da atividade de técnicos em prótese dentária : confecção de placas oclusais para tratamento do bruxismo do sono
Autor: Pereira, Márcia de Araújo
Orientador: Melo, Rui Miguel Bettencourt
Palavras-chave: Análise ergonómica da actividade
Bem estar
Bruxismo
Condições de trabalho
Factores de risco
Placas oclusais tipo Michigan
Saúde
Segurança
Técnicos em prótese dentária
Data de Defesa: 2013
Citação: Pereira, Márcia (2013) - Análise ergonômica da atividade de técnicos em prótese dentária : confecção de placas oclusais para tratamento do bruxismo do sono. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: A área da saúde bucal, no domínio da estética e reabilitação oral, tem sido marcada por constantes inovações e desenvolvimentos tecnológicos. Tal fato coloca o técnico em prótese dentária em evidência num mercado de trabalho ávido de novidades e oportunidades. Contudo, a sua atividade profissional e suas condições de trabalho apresentam diversos desafios no que tange sua saúde, segurança e bem estar. O presente estudo analisa a atividade de técnicos em prótese dentária na ótica de duas técnicas de confecção de placas oclusais do tipo Michigan para tratamento do bruxismo do sono: a indireta e a alternativa. Com base em entrevistas, filmagens, observações sistemáticas e registros fotográficos de situações reais de trabalho, pretendeu-se identificar e avaliar, no contexto laboratorial de próteses dentárias, os fatores de risco que incidem negativamente na saúde e segurança destes profissionais, e sugerir algumas melhorias que transformem positivamente o seu trabalho. Os resultados revelaram ser a técnica alternativa potencialmente menos prejudicial à saúde e segurança do técnico, quando executada em condições de trabalho favoráveis ao seu conforto e bem estar. Ambas as técnicas apresentaram riscos de inalação e contato com produtos químicos, queimaduras, explosões, inalação e contato com poeiras e lesões musculoesqueléticas. Em ambas as situações de trabalho verificaram-se mobiliários inadequados, ruído elevado e falta de manutenção de instrumentos e equipamentos. Constataram-se negligências de ambos os técnicos quanto à biossegurança e utilização de equipamentos individuais de proteção.
Descrição: Mestrado em Ergonomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6992
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Márcia Pereira_Mestrado Ergonomia_Def.pdf3,16 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.