Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6950
Título: Características físicas e químicas de ovos provenientes de diferentes sistemas de produção
Autor: Fernandes, Elisabete Augusto
Orientador: Redford, Maria Madalena dos Santos Lordelo
Bessa, Rui José Branquinho de
Palavras-chave: Modo de produção
Galinhas poedeiras
Ovos para consumo
Proteína clara
Composição ácidos gordos da gema
Unidades Haugh
Production system
Laying hens
Eggs for consumption
Albumen protein
Yolk fatty acids composition
Haugh Units
Data de Defesa: 18-Jun-2014
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: FERNANDES, E. A. (2014). Características físicas e químicas de ovos provenientes de diferentes sistemas de produção. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: As galinhas poedeiras podem ser criadas em quatro modos de produção, gaiolas, ar livre, no solo e biológico que diferem principalmente quanto ao tipo de alojamento e à alimentação fornecida. Além destes modos de produção, existem ainda ovos provenientes de animais alojados em gaiolas mas enriquecidos com ALA e ovos de galinhas poedeiras de raças portuguesas criadas em modo de produção biológico. Neste estudo, 144 ovos com origem nesses 6 diferentes modos de produção foram comparados. Os ovos foram analisados para o peso, cor da casca e da gema, pH, viscosidade, manchas de carne e de sangue, unidades Haugh, proteína da clara e perfil de ácidos gordos. Pelos resultados obtidos, relativamente a qualidade da clara medida pelas unidades Haugh, verificou-se que os ovos provenientes de animais em modo de produção biológico foram aqueles que apresentaram melhor qualidade. Os ovos de galinhas poedeiras criadas no solo, ao ar livre e biológico foram os que apresentaram menor percentagem de proteína na clara quando comparados com os ovos dos restantes tratamentos. Os ovos enriquecidos com ALA foram os que apresentaram o maior valor de ácidos gordos totais e n3-PUFA e menor valor de SFA em relação aos restantes tratamentos.
ABSTRACT - Physical and chemical characteristics of eggs from differents production systems - There are four different laying hen production systems, cage, barn, free range and organic, which differ mainly on the housing type and also feed provided. In addition, there are also ALA enriched eggs from a cage system and an organic system which use only Portuguese breeds. In the current study, 144 eggs from these 6 different origins were compared. Eggs were analyzed for weight, shell and yolk color, pH, viscosity, blood and meat spots, Haugh units, albumen protein and yolk fatty acid profile. Our results found that organic systems eggs with the best albumen quality in terms of Haugh units. Eggs from hens in a free range, barn and organic production system presented lower albumen protein in comparison to the remaining treatments. Eggs that were enriched with ALA had higher total fatty acids and n3-PUFA and lower SFA than the other treatments.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica/Produção Animal
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6950
Aparece nas colecções:DPASA - Teses de Mestrado
BFMV - Teses de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Características físicas e químicas de ovos provenientes de diferentes sistemas de produção.pdf1,69 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.