Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6760
Título: O perfil decisional pré-interativo de professores de educação física nos primeiros anos de desenvolvimento profissional : um estudo comparativo longitudinal
Autor: Anacleto, Francis Natally de Almeida
Orientador: Januário, Carlos Alberto Serrão dos Santos
Palavras-chave: Decisões pré-interativas
Desenvolvimento profissional
Estudo longitudinal
Pensamento e acção do professor
Professor de educação física
Rotinas de ensino
Rotinas de planejamento
Data de Defesa: 2013
Citação: Anacleto, Francis (2013) - O perfil decisional pré-interativo de professores de educação física nos primeiros anos de desenvolvimento profissional : um estudo comparativo longitudinal. Tese de Doutoramento. Universidade de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: A presente investigação parte de duas questões: a) Como o perfil decisional pré-interativo dos professores de Educação Física evolui nos primeiros anos de desenvolvimento profissional? e b) Como os elementos de contexto do desenvolvimento do professor influenciam o processo de automatização das decisões pré-interativas e interativas de ensino, após quatro anos de exercício profissional? Para responder a estas questões o escopo da investigação pauta-se no seguinte quadro teórico: a) paradigma Pensamento e Ação do Professor (Clark & Peterson, 1986); b) Psicologia Histórico Cultural (Vygotsky, 1989); c) Teoria da Atividade (Leontiev, 1978) e; d) Teorias do Desenvolvimento Profissional (Day, 2001). É uma investigação longitudinal, comparando dois momentos do percurso profissional de 18 professores de Educação Física: como estagiários em 2006 e como professores em 2010, e pode ser classificada como: a) Interpretativa (qualitativa e quantitativa); b) De Casos Múltiplos; c) Etnográfica (observacional, descritiva e analítica) e d) Longitudinal Simples Retrospectivo (comparativa). Utilizou-se abordagens qualitativas e quantitativas e a triangulação de dados e de técnicas. Com base na análise dos resultados conclui-se que houve uma evolução no perfil decisional destes professores quanto ao controle e gestão da aula, também demonstraram uma maturidade no processo de automatização do repertório de proposições didáticas para lidar com a imprevisibilidade do cotidiano de ensino. Também constatou que suas rotinas de planejamento apresentam uma estrutura básica de aula, oriunda de sua aprendizagem e experiência na formação inicial. Estas características no perfil decisional destes professores justificam-se pela experiência profissional adquirida, pelas rotinas de planejamento e de ensino automatizadas e pelo senso de responsabilidade com a formação dos alunos.
Descrição: Doutoramento em Ciências da Educação na especialidade de Teoria Curricular e Avaliação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6760
Aparece nas colecções:BFMH - Teses de Doutoramento / Ph.D.Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
1º_Volume_I_Tese_650_pg.pdfDocumento principal5,07 MBAdobe PDFVer/Abrir
2º_Volume_II_Anexos_764_pg.pdfAnexos47,59 MBAdobe PDFVer/Abrir
3º_Volume_III_Anexos_1335_pg.pdfAnexos10,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.