Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6747
Título: Barreiras à adoção da eficiência energética
Autor: Fernandes, Ivo Diogo de Andrade
Orientador: SIlva, Graça Miranda
Palavras-chave: eficiência energética
barreiras à adoção
sistemas de gestão
sustentabilidade
energy
energy efficiency
barriers to adoption
management systems
sustainability
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Fernandes, Ivo Diogo de Andrade. 2013. "Barreiras à adoção da eficiência energética". Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Com a grande crise do petróleo nos anos 70 e com o crescimento dos problemas associados ao clima, o conceito de eficiência energética surgiu. Em 2004, foi realizado um estudo que indicou que as emissões de CO2 tinham aumentado 65% em relação ao ano de 1971. Com isso, a eficiência energética tornou-se uma das principais ferramentas no combate à redução das emissões CO2. Além disso, a eficiência energética é também uma questão de redução de custos e, consequentemente, um aumento da competitividade a nível empresarial (Worrel et al., 2009). Contudo, a literatura revelou que os investimentos em tecnologias de eficiência energética são afetados por barreiras e falhas de mercado na sua adoção. Este trabalho consistiu em identificar as barreiras que impede as organizações de implementarem as tecnologias de eficiência energética no mercado Português e comparar as perceções das organizações que implementaram os serviços com as empresas que os fornecem. Concluiu-se que as barreiras à adoção da eficiência energética identificadas na literatura coincidem com a realidade das empresas portuguesas. Em comparação com as empresas que implementam os serviços e os que fornecem, verificou-se que a maioria está de acordo quanto à barreira mais relevante, ou seja, o acesso ao capital.
In the 70s, with the great oil crisis and with the growth of the problems associated with climate, the concept of energy efficiency has emerged. In the 2004, a study, that indicated that CO2 emissions had risen 65% over the year 1971, was performed. With this, energy efficiency has become a major tool in the fight to reduce CO2 emissions. In addition, energy efficiency is also a matter of reducing costs and thus increasing competitiveness at the enterprise level (Worrel et al., 2009). However, the literature revealed that investments in energy efficiency technologies are affected by barriers and market failures in the adoption. This work consisted in identifying barriers to the adoption of to energy efficiency in the Portuguese market and comparing the perceptions of organizations that have deployed services with companies that provide services. It was concluded that the barriers to adoption of energy efficiency identified in the literature coincide with the reality of Portuguese companies. Compared to companies that implement the services and those who provide, it was verified that most are in agreement on the more relevant barrier, that it is access to capital.
Descrição: Mestrado em Gestão e Estratégia Industrial
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6747
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-IDAF-2013.pdf725,48 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.