Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6623
Título: Usos e significados da tecnologia na Academia
Autor: Matos, João António Monteiro de
Orientador: Neves, Bárbara Barbosa
Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Palavras-chave: Duas culturas
Comunidades científicas
Tecnologia
Usos
Significados
Sociologia
Two cultures
Scientific communities technology
Uses
Meanings
Sociology
Data de Defesa: 14-Jan-2014
Resumo: Este trabalho de investigação procura compreender o modo como a população universitária – docentes, docentes-investigadores e investigadores – nas suas práticas laborais quotidianas perceciona, usa e interage com as novas tecnologias de informação e comunicação (TIC). O objetivo principal é compreender se as novas tecnologias da informação e comunicação podem ser um indicador de diferentes culturas científicas, utilizando a metáfora das “duas culturas” de Charles Snow (1963). Socorremo-nos desta metáfora para analisar as diferenças e as especificidades das comunidades científicas das ciências naturais e das ciências sociais em duas instituições da Universidade de Lisboa. A pesquisa segue uma estratégia de métodos mistos, combinando a aplicação de um inquérito por questionário a 94 indivíduos e de 14 entrevistas semiestruturadas conduzidas em instituições universitárias. Esta pesquisa propicia a discussão da tecnologia em termos instrumentais (nos usos) e simbólicos, procurando identificar as complementaridades cruzadas e possíveis destas comunidades. O trabalho sugere a existência de duas culturas com base no indicador de utilização de novas tecnologias da informação e comunicação, onde os membros das ciências sociais parecem usar mais as TIC em relação aos membros das ciências naturais. Contudo, esta diferença não é tão evidente quando analisadas as entrevistas.
This study seeks to understand how the academic population – professors and researchers perceives, uses, and interacts with new information and communication technologies (ICT) in their everyday working practices. The main goal is to understand whether these new technologies can be an indicator of different scientific cultures, using the metaphor of the “two cultures” introduced by Charles Snow (1963). I make use of this metaphor to examine differences and specificities of two scientific communities: the natural sciences and the social sciences community at two institutions of the University of Lisbon. This research follows a mixed methods strategy, combining the application of a survey (N=94) and 14 qualitative interviews. This study contributes to the discussion of technology in instrumental and symbolic terms (its uses), aiming to identify the crossed and possible complementarities of these communities. This work suggests the existence of two cultures based on the use of new information and communication technologies in which members of the social sciences seem to use more ICT than members of the natural sciences. However, this difference is not as visible when analyzing the interviews.
Descrição: Tese de Mestrado em Sociologia das Organizações e do Trabalho
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6623
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.