Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6595
Título: Responsabilidade social como instrumento de política pública: estudo aplicado a organismos do Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e ordenamento do Território
Autor: Ribeiro, Francisco José Porto
Orientador: Mozzicafreddo, Juan Pedro
Palavras-chave: Responsabilidade social corporativa
New Public Management
Governance
Ética
Transparência e Accountability
Corporate social responsibility
New Public Management
Governance
Ethics
Transparency and Accountability
Data de Defesa: 11-Dez-2013
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: O presente trabalho estuda o impacto do modelo de responsabilidade social corporativa (RSC) nas organizações da administração pública aplicado, deste modo, aos organismos do Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (MAMAOT). Estudou-se a importância, prática, da aplicação do conceito de RSC nas organizações da administração pública, servido de modelo representativo da realidade social, as organizações afetas a este ministério. Com a aplicabilidade do conceito de RSC espera-se destas organizações que as mesmas contribuam para a uma sociedade melhor, mais humanizada, éticamente mais responsável e mais profissional, francamente mais transparente tendo associado um modelo de prestação de contas voluntário e ajustado à racionalização esperada dos serviços públicos. O objetivo é que esta “nova” administração pública possa ser compreendida pelo cidadão-cliente, contribuinte e parte interessada no sucesso das mesmas, enquanto stakeholder. Da revisão de literatura efetuada retira-se que o sucesso de uma organização socialmente responsável é suportado pela sua capacidade de gerir os impactos ambientais e sociais, ao mesmo tempo que estimula o diálogo com os stakeholders através da gestão da capacidade criativa dos colaboradores, integrando os clientes e fornecedores e outros parceiros, no desenvolvimento de novos produtos e serviços. É este o modelo que se procurou ajustar aos organismos do MAMOT.
This paper approach the study of the impact of corporate social responsibility (CSR) model in public sector organizations applied, thus to the Ministry of Agriculture, Sea, Environment and Territory Planning organizations. Was considered the practical importance and application of CSR concept in public sector organization, considered has a representative model of the social reality. Considering the application of CSR concept in these organizations is expected that they will contribute to a better world, more humanized, more ethic, more responsible and professional and, frankly, more transparent when related with an accountability process, adjusted to the expected rationalization of public services. The aim is that the “new” public administration can be understood by the citizen and customer, while taxpayer and interested stakeholder in the organizations. From the literature review conducted it is possible to obtain remarks considering that the success of a socially responsible organization is supported by the ability to manage the environment and social impacts, while provides the dialogue with stakeholders by managing the employees creative ability, integrate customers and suppliers has well as other partners, in developing new products and services. This is the model adjusted to the Ministry of Agriculture, Sea, Environment and Territory Planning organizations.
Descrição: Tese de Mestrado em Gestão e Políticas Públicas
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6595
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RSC nos organismos do MAMAOT final.pdf2,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.