Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6582
Título: Apoio Residencial a Pessoas Infetadas com VIH/sida: o caso da Residência Santa Rita de Cássia
Autor: Ferreira, Maria José Cordeiro
Orientador: Amaro, Fausto
Palavras-chave: HIV/sida
Estigma
Discriminação
Exclusão social
Apoio residencial
Suporte social
HIV/AIDS
Stigma
Discrimination
Social exclusion
Residential support
Social support
Data de Defesa: 19-Dez-2013
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: Os fenómenos de estigmatização e de exclusão social associados ao VIH/sida, bem como o aumento da taxa de sobrevida dos doentes infetados, em resultado dos avanços da medicina e do surgimento de novos fármacos, exigem, do doente, um esforço de reestruturação pessoal, em ordem à sua reintegração social e, da sociedade, serviços de suporte que colmatem a ausência ou insuficiência de apoio por parte das famílias. Neste âmbito, e no plano das Políticas Públicas, surgem os Serviços de Proximidade integrados no domínio da Ação Social e nos quais se enquadra o Apoio Residencial a pessoas infetadas com VIH/sida, sobre o qual incide o presente trabalho. O estudo foi aplicado aos utentes da Residência Santa Rita de Cássia e a metodologia adotada inspira-se na Grounded Theory, associada ao estudo de caso. A técnica de recolha de dados foi a entrevista, complementada com a análise documental. O objetivo geral da pesquisa é tentar compreender a perceção e perspetivas dos utentes em relação ao Apoio Residencial e as suas necessidades e aspirações futuras. O objetivo específico é tentar compreender em que dimensão/dimensões do Apoio Residencial os utentes sentem necessidade de mudanças. O estudo efetuado evidencia sentimentos de segurança por parte dos residentes e a perceção de que lhes é dada atenção, o que poderá pressupor que acreditam que são cuidados e respeitados. A perspetiva de permanência na Residência e a ausência de necessidade de alterações são, também, evidenciadas.
The phenomena of stigmatization and social exclusion associated with HIV/AIDS, as well as the fact that the survival rate of infected patients is getting higher as a result of medical advances and of the emergence of new medicines require from the patient an effort of personal restructuring in order to his social reintegration and require from the society social support services which might compensate the lack or insufficient family support. In this context, and in terms of public policies, there are proximity services integrated in the Social Action field which include Residential Care for HIV/AIDS infected people. The Residential Care for this population is precisely the focus of the present work. This study was applied to the users of the Santa Rita de Cássia Residence and the adopted methodology was based on the Grounded Theory, associated with the case study. The interview, together with the document analysis, was the used technique of data collection. The general objective of the research is the tentative understanding of the users’ perceptions and perspectives on the Residential Care and their needs and future aspirations. The specific objective is the tentative understanding of Residential Care aspects regarding which the users feel the need of change. This study puts in evidence the residents’ security feelings and their perception that they are given attention. That might imply they believe they are respected and cared for. The perspective of living in Residence on a permanent basis and the lack of need for changes is also highlighted.
Descrição: Tese de Mestrado em Política Social
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6582
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
template_capa_mestrado.pdf257,59 kBAdobe PDFVer/Abrir
Tese.pdf1,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.