Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6546
Título: (In)sucesso escolar e sala de estudo: o caso da escola básica dos 2º e 3º ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia
Autor: Pestana, Zózima Maria Sousa Gonçalves
Orientador: Serra, Fernando Humberto Santos
Data de Defesa: 24-Jan-2014
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: Nesta dissertação, desenvolvemos um estudo baseado na problemática do (in)sucesso escolar em correlação com a frequência à Sala de Estudo (SE) de uma Escola da capital da Região Autónoma da Madeira - Escola básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia (HBG). Destarte, procuramos clarificar a amplitude dos conceitos de insucesso e sucesso escolares baseados em diversas perspetivas de interpretação desenvolvidas por especialistas na área. Seguidamente, elencamos as novas políticas educativas que versam sobre a descentralização que assenta na autonomia das escolas, responsabilizando os seus atores pelos resultados das suas opções organizacionais através do projeto educativo de escola (PEE) de onde discorre como inovação educativa, na escola HBG, o projeto “Sala de Estudo”(SE) em combate ao insucesso escolar. Especificamente, o público-alvo da nossa investigação corresponde a todos os alunos do 3º ciclo que frequentaram a SE este ano letivo nos 1º e 2º períodos. Caracterizámo-los e confrontámos as respetivas avaliações sumativas do 3º período do ano letivo transato com as avaliações sumativas do 1º e 2º períodos deste ano letivo, de forma a constatarmos sobre a eficácia ou não da frequência da SE para a melhoria do insucesso escolar. Os resultados encontrados mostram que a frequência regular à SE da maioria dos alunos foi fraca e que só um número restrito é que a frequentou com razoabilidade, constando preferencialmente os alunos da manhã nesta última categoria e relegando os alunos da tarde para frequências pouco relevantes, refletindo-se esta desconformidade de frequências em rendimentos escolares distintos.Com vista a consolidarmos o nosso estudo, realizámos entrevistas a professores destacados na SE e à presidente da Escola para apurarmos a perceção destes sobre o impacto e a eficácia da SE na melhoria do insucesso escolar. A análise de conteúdo das respostas aponta que, no cômputo geral, os professores manifestavam, por um lado, uma atitude desfavorável face ao impacto da SE na melhoria do insucesso escolar já que os alunos com classificações negativas não afluíam basicamente à SE e, por outro lado, favorável à melhoria do sucesso uma vez que os alunos mais dedicados a assuntos escolares compareciam regularmente. Não obstante, os inquiridos criam nas potencialidades da SE no combate ao insucesso escolar. As conclusões, aferidas com base estatística, revelaram que a SE tem um impacto deficitário no combate ao insucesso escolar em virtude da escassa afluência repetida dos alunos e a sua frequência não garante eficácia linear: melhoria das avaliações escolares dos alunos.
For this dissertation we developed a study based on the problematic of school success or failure, in correlation to the attendance of a Study Room (SR) of a school in the capital of the Autonomous Region of Madeira, “Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr Horácio Bento de Gouveia” (HBG). Thus, we tried to clarify the amplitude of the concepts of school failure and success based on a diversity of perspectives developed by specialists in this field. Then we listed the new educational policies about the decentralization, which are based on the autonomy of schools, and this way we held its actors responsible for the results of their organizational options, through the School Educational Project (PEE in Portuguese), where we can find, as educational innovation at HBG, the project “Study Room” (SR), in order to combat school failure. More specifically, the target public of this investigation are all students of Third Cycle (3º Ciclo) who attended the Study Room during this school year and during the first and second terms. We characterized them and compared their assessment for the third term of the last school year, with the summative assessment of the first and second terms of this school year, so that we could find the real efficacy or not, of attending the SR in order to improve school failure. The results show that regular attendance of the SR for the majority of the students was very weak, and only a restricted number of students attended it reasonably. These were mainly students from morning classes. The attendance of afternoon classes was not very relevant. This disconformity was obviously reflected on different school results.In order to consolidate this study, we interviewed teachers who worked in the SR, as well as the school director, so that we could have their point of view on the efficacy of the attendance of the SR in the improvement of school results. The analysis of the contents of the enquiry shows that, in general, teachers on the one hand, showed a negative attitude on the impact of the SR towards the success of students saying that students with a negative assessment did not usually attend the SR. On the other hand, the public accepted the idea that the results were good, due to the fact that more dedicated students would attend it in a more regular basis. Nevertheless, the enquired believed in the possibility of the SR contributing to combat school failure. Conclusions measured and based on the statistics showed that the SR has had a deficit impact on the combat against school failure, due to the repetitive scarce affluence of students, and its attendance does not guaranty direct efficiency: better school assessment of students.
Descrição: Tese de Mestrado em Administração Pública - especialização em Administração da Educação
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6546
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese.pdf1,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.