Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6533
Título: Cobertura de ativos imobiliários através de contratos futuros e taxa de inflação
Autor: Falcão, Rui Pedro Preto Fernandes
Orientador: Pinto, Inês Fonseca
Palavras-chave: Ativos imobiliários
contratos futuros
índices de preços imobiliários
coeficiente de correlação condicional constante e dinâmico
real estate assets
futures
real estate price indices
correlation coefficient conditional constant and dynamic risk of devaluation of property
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Falcão, Rui Pedro Preto Fernandes. 2013. "Cobertura de ativos imobiliários através de contratos futuros e taxa de inflação". Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: O presente estudo tem por objetivo avaliar a potencialidade de aplicar estratégias de cobertura de risco contra a desvalorização de ativos imobiliários de 4 diferentes tipos (industriais, comerciais, escritórios e de todo o tipo de imóveis), com a utilização de produtos derivados (contratos de futuros) e/ou com a utilização de produtos intimamente dependentes da taxa de inflação. O estudo foi realizado para o mercado inglês com dados de frequência mensal para um período de análise que vai desde 01 de janeiro de 1990 a 31 de dezembro de 2010. A medida utilizada nesta pesquisa para verificar a potencialidade de cobertura dos instrumentos enunciados anteriormente é o coeficiente de correlação condicional na forma constante ρ(CCC) e na forma dinâmica ρ(DCC) existente entre os valores dos retornos dos ativos imobiliários e os valores dos retornos dos contratos de futuros e/ou os valores da taxa de inflação. O coeficiente de correlação condicional dinâmico será calculado seguindo-se a metodologia desenvolvida por Robert F. Engle, ver Engle (2002). Mediante os resultados encontrados, onde o valor do coeficiente de correlação condicional na forma constante ρ(CCC) nunca ultrapassou o valor 0,021 para o caso dos contratos de futuros e 0,129 para a inflação e na forma dinâmica ρ(DCC) o valor máximo obtido foi de 0,272 para os contratos de futuros e para a taxa de inflação foi de 0,208, conclui-se que tanto os contratos de futuros analisados como a taxa de inflação, não apresentam o necessário potencial para o estabelecimento de estratégias de cobertura de risco contra a desvalorização dos preços dos diferentes tipos de imóveis estudados. O risco de correlação é muito elevado o que implica estratégias de cobertura muito pouco eficazes. Esta conclusão é válida e aplicável para o mercado Inglês em análise.
This study aims to evaluate the potential of implementing strategies for hedging against the devaluation of real estate assets of four different types (industrial, commercial, offices and all types) with the use of derivatives (plain vanilla futures contracts) and or the use of products who depend on the rate of inflation. The study was conducted for the English market with frequency monthly data analysis for a period ranging from 1 January 1990 to 31 December 2010. The measure used in this study to verify the potential coverage of the instruments listed above is the constant correlation coefficient conditional ρ(CCC) and the dynamic correlation coefficient conditional ρ(DCC) existing between the returns of real estate assets and the independent variables the returns of futures contracts and the value of inflation rate. The dynamic conditional correlation coefficient is calculated following the methodology developed by Robert F. Engle, see Engle (2002). From the results obtained, where the value of the constant correlation coefficient conditional never exceeded the value 0,021 for the case of futures contracts and 0,129 for inflation tax, and the dynamic coefficient the maximum value obtained was 0,272 for the futures contracts and for inflation rate was 0,208, it is concluded that both, futures contracts as the rate of inflation, do not exhibit the potential to establish strategies of hedging against the devaluation of the prices of different types of properties studied, because the correlation risk is very high. This conclusion is valid and applicable to the market examined that is English market.
Descrição: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6533
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_RPPFF-2013.pdf370,53 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.