Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6495
Título: Crenças e práticas acerca da educação física e da actividade física e desportiva no 1º ciclo do ensino básico
Autor: Lopes, Maria Isabel Bayo da Silva
Palavras-chave: Actividade extracurricular
Currículo
Educação básica
Estilos de vida activos
Data de Defesa: 2014
Citação: Lopes, Maria Isabel Bayo (2014) - Crenças e práticas acerca da educação física e da actividade física e desportiva no 1º ciclo do ensino básico. Tese de Doutoramento. Universidade de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: A Expressão e Educação Físico-Motora (EEFM), formalmente presente no Currículo do 1º Ciclo do Ensino Básico (1ºCEB), assume, por vezes, um estatuto de menoridade sempre que é preterida em relação a outras áreas curriculares. O tema central do presente estudo encontra-se objectivamente circunscrito ao conhecimento das práticas realizadas ao nível da EEFM e das crenças, quer dos Professores do 1º CEB, quer dos Alunos e respectivos Pais/EE, e, ainda, dos Técnicos/Professores da Actividade de Enriquecimento Curricular - Actividade Física e Desportiva (AEC-AFD) do Concelho da Amadora (CA), envolvendo todos os aspectos relativos à Educação Física (EF), à Escola, à Actividade Física, e à AEC-AFD. Foi desenvolvido nas Escolas Públicas do 1º CEB do CA, durante os anos lectivos de 2006/2007 e 2008/2009, e, na sua realização, estiveram envolvidos: 623 alunos a frequentar o 4º ano do 1ºCEB, 602 Pais/EE desses alunos, 55 Professores Titulares de Turma do 4º ano do 1ºCEB e a totalidade dos Técnicos/Professores da AEC-AFD (57). Foram utilizadas as seguintes metodologias: inquirição, entrevista, observação e avaliação da composição corporal. Em termos de conclusões, registámos que os alunos do 1º CEB revelam, em geral, uma expectativa marcadamente positiva face à Escola, ainda que se observe, do lado menos positivo, que, após o regresso a casa, depois da escola, a maioria envolve-se em actividades de carácter sedentário e não pratica regularmente qualquer actividade física desportiva orientada. Apenas 21,2% dos alunos afirma ter usufruído da EEFM/EF, no 4º ano, apesar desta disciplina ser obrigatória e ser referida como área curricular da sua preferência. Embora 45,5% dos Pais/EE considerar a AEC-AFD “muito importante” e da esmagadora maioria dos Professores do 1º CEB valorizarem a AEC-AFD (96,4%), considerando-a ora “importante” (60%), ora “muito importante” (36,4%), a verdade é que 26,9% dos alunos do 1º CEB, no CA, ou nunca tiveram a oportunidade de frequentar a AEC-AFD (15,4%), ou nem sempre frequentaram essa mesma actividade (14,2%) durante o ano lectivo. Há que reconhecer que estudos desta natureza e alcance constituem bons pontos de partida para realizações mais abrangentes, sendo certo que o objectivo último dos mesmos será sempre o de proporcionar linhas de referência em benefício dos alunos.
In spite of being formally part of the primary schools curriculum in Portugal, Physical Education (P.E.) is often regarded as a minor area of interest and often neglected in favour of other subjects. The main objective of this study is the analysis of both the implementation of P.E. classes and the expectations and beliefs of all the people involved in this process. By this we mean the primary teachers, parents and their children as well as the P.E teachers and the specialist teachers of the Extra- Curricular Physical and Sporting Activity in this region. It involves all aspects concerning the School, P.E. teaching and also the Extra-curricular Physical and Sporting Activity (ECPSA). This ECPSA program was implement in primary schools after 2006, as an initiative of the Portuguese Ministry of Education. The present study was carried out in the primary state schools of Amadora during the school years 2006/2007 and 2008/2009, involving 633 primary school pupils, 602 of their parents, 55 fourth grade teachers and all the 57 specialist teachers of the Extra-Curricular Physical and Sporting activity. The methods used include interviews, direct observation and the measurement of body composition. One of the most important conclusions we have reached is that in general, primary school pupils reveal highly positive expectations towards school. However, it has become very clear that the great majority of children do not take part in any regular physical activity after or outside school. PE is also referred to as one of the pupils favourite subjects but the fact is that, although it is now a compulsory subject only 21,2% of the fourth graders have had the opportunity to experience it and benefit from its practice. In fact 26,9% of all children have neither attended any Extra- Curricular Physical and Sporting Activity (15,4%) or have not done it regularly (14.2%). On the other hand 45,5 % of the parents recognise its importance and consider it to be very important or important (60%), while the teachers regard it as either important (60%), or very important (36,4%). These study shows that all the investment in this area has been worthwhile but it is also evident that some programmes are insufficient and much more has to be done in order to satisfy the pupils’ needs.
Descrição: Doutoramento em Ciências da Educação, na especialidade de Teoria Curricular e Avaliação
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6495
Aparece nas colecções:BFMH - Teses de Doutoramento / Ph.D.Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capa janeiro 2014.pdfCapa20,98 kBAdobe PDFVer/Abrir
Índice Final 2_11_13.pdfÍndices119,77 kBAdobe PDFVer/Abrir
CRENÇAS E PRÁTICAS ACERCA DA 24_1_14.pdfDocumento principal2,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.