Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6387
Título: Técnica cirúrgica incisional com bisturi versus laser de CO2 : estudo preliminar comparativo do processo de cicatrização
Autor: Rocha, Marcelo dos Santos
Orientador: Vaudano, Carlo Giovanni
Carreira, Luís Miguel Alves
Palavras-chave: Cirurgia com laser CO2
cicatrização
cirurgia com bisturi
canideo
laser CO2 surgery
scarring
scalpel surgery
canine
Data de Defesa: 29-Nov-2013
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Rocha, M.S. (2013). Técnica cirúrgica incisional com bisturi versus laser de CO2 : estudo preliminar comparativo do processo de cicatrização. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: A cirurgia com laser de CO2 tem como principais benefícios menor grau de dor, menos hemorragia, menos infeções, menos edema, rubor e desconforto pós-cirurgico, proporciona ao paciente a capacidade de retomar as suas atividades normais mais cedo com um menor tempo cirúrgico e um campo cirúrgico mais limpo. Inicialmente utilizado na Medicina Humana foi adaptado para a Medicina Veterinária mas ainda em processo de expansão. O presente estudo foi desenvolvido numa amostra de 14 animais (n = 14) pertencentes à espécie Canis familiaris sendo 10 fêmeas (71,5%) e 4 machos (28,5%) com média de idade de 3,8 anos, com mínimo de 6 meses e máximo de 9 anos e com peso médio de 13,06 kg, com mínimo de 3 kg e máximo de 35 kg, sujeitos a ovariohisterectomia (OVH) e castração respectivamente. Foram divididos em 2 grupos N1 = incisão com lâmina de bisturi e N2 = incisão com laser de CO2, sendo 7 animais em cada grupo. Todos os animais receberam o mesmo protocolo pré-cirúrgico constituido por amoxicilina e meloxican, acepromazina e tramadol. A indução anestésica foi realizada com propofol, sendo a manutenção realizada com isoflurano. O objetivo do estudo foi comparar o uso do laser de CO2 com o uso do bisturi em incisões cirúrgicas. Os parâmetros utilizados foram 1) Exames auxiliares : medidas do número dos leucócitos (WBC) em T0, T1 e T2, albumina e proteinas totais (PTT) em T1 e T2, 2) avaliação da região incidida quanto a presença de reação inflamatória como rubor, edema, formação de exsudado em T1 e T2, espessura da região incidida em T1 e T2 e cicatrização estética T3, sendo T0 = antes da incisão, T1 = 24h após incisão, T2 = 8 dias após incisão e T3 = 30 dias após incisão. Os resultados puderam sugerir que não houve diferenças estatísticas entre os grupos em N1 e N2 quanto a albumina (p = 0,87), quanto a PTT (p = 0,53) e espessura em T1 (p = 0,87) e em T2 ( p = 0,73). Em relação a dor notamos que houve diferença entre os grupos N1 e N2 em T1(p = 0,001) com aumento da dor em N1. Em T2 não houve presença de dor nos 2 grupos. Em relação a WBC não notou-se diferença entre N1 e N2 em T1 (p = 0,90) mas em T2 houve diferença (p = 0,001) com aumento de WBC em N2.
ABSTRACT - SURGICAL INCISIONAL WITH SCALPEL TECHNIQUE VERSUS CO2 LASER: COMPARATIVE STUDY OF THE DEVELOPMENT OF THE HEALING PROCESS - The main advantages of the CO2 laser surgery are lesser pain, lesser bleeding, lesser probability of infections, lesser post-surgical swelling and discomfort, giving the patient the ability to restart his normal activities earlier with lesser surgical time and a cleaner surgical field. It was first used in Human Medicine and then adapted to Veterinary Medicine, but it's still in the developmental process. The current study has been developed on a sample of 14 animals (n = 14) of the canine species, with 10 females (71,5%) and 4 males (28,65%), medium age of 3,8 years old, with a minimum of 6 months and maximum of 9 which were subjected to ovariohysterectomy (OVH) and neutering. They were split in 2 groups: N1= use of a scalpel and N2 = use of CO2 laser, with 7 animals on each group. All the animals received the same pre-surgical protocol form of amoxicillin and meloxicam, acepromazine and tramadol. Anesthesia was induced with propofol and maintained with isoflurane. The aim of this study is to analyze the advantages of using CO2 laser instead of the scalpel in a surgical section. The evaluated parameters were 1) Complementary exams: measures of the number of white blood cells (WBC) (T0, T1 and T2), albumin and total protein (T1 and T2); 2) evaluation on the incised region, regarding inflammation like redness, edema, exudate (T1 and T2), thickness of the sectioned region (T1 and T2) and cosmetic scarring (T3), with T0 = before section, T1 = 24h after section, T2 = 8 days after the cut and T3 = 30 days after section. The results suggested that there wasn’t any statistic difference between groups in N1 and N2 regarding albumin (p = 0,87), concerning PTT (p = 0,53) and thickness (p = 0,87) and in T2 (p = 0,73). Concerning pain, we see there was a difference between groups N1 and N2 in T1 (p = 0,001) with augmented pain in N1. There wasn’t presence of pain in T2 on both groups. Regarding the WBC no difference was noted between N1 and N2 in T1 (p = 0,90) but it was registered a difference in T2 (p = 0,001) with augmented WBC in N2.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6387
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TÉCNICA CIRÚRGICA INCISIONAL COM BISTURI VERSUS LASER DE CO2.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.