Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6357
Título: O Esquema corporal e o desenvolvimento afetivo-sexual em adolescentes e adultos com Trissomia 21.
Autor: Esteves, Verónica
Orientador: Morato, Pedro Jorge Moreira de Parrot
Palavras-chave: Adolescentes
Adultos
Afetividade
Construção
Esquema corporal
Reconhecimento
Representação
Sexualidade
Trissomia 21
Data de Defesa: 2013
Citação: Esteves, Verónica (2013) - O Esquema corporal e o desenvolvimento afetivo-sexual em adolescentes e adultos com Trissomia 21. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: O objetivo do presente estudo é avaliar e relacionar o esquema corporal e o conhecimento que os adolescentes e adultos com Trissomia 21 tem sobre a sua própria afetividade-sexualidade, com idades compreendidas entre os 13 e os 44 anos. Elaborou-se um instrumento para a avaliação do esquema corporal, ao nível do Reconhecimento (identificação e nomeação das partes do corpo), Construção (Conhecimento das noções espaciais e organização no espaço; adaptação e organização espacial, imitação de gestos e noção de velocidade e ritmo) e Representação (Puzzle e desenho do seu próprio corpo). Alguns dos itens a avaliar, foram adaptados de vários instrumentos pré-existentes enquanto outros foram criados. Para a avaliação do conhecimento que os adolescentes e adultos têm da sua afetividade-sexualidade, utilizou-se um instrumento de avaliação, um questionário com perguntas relativas à afetividade e sexualidade, já tendo sido utilizado em outros estudos. A amostra é constituída por 13 adolescentes e adultos com Trissomia 21 que frequentam o ensino regular ou uma instituição. Os resultados demonstram que foram os indivíduos com idades compreendidas entre os 17 e 30 anos que apresentaram melhores resultados na avaliação do esquema corporal e consequentemente tiveram respostas mais coerentes no questionário da afetividade-sexualidade. Enquanto os indivíduos mais novos e os mais velhos apresentam uma pior prestação no conhecimento do seu próprio corpo e concludentemente o conhecimento que tem da sua própria afetividade-sexualidade é desestruturado.
Descrição: Mestrado em Reabilitação Psicomotora
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6357
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese MRPM-Verónica Esteves.pdfDocumento principal2,22 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo 6- Metodologia do instrumento de avaliação do do esquema corporal.pdfMetodologia - Avaliação do Esquema Corporal225,55 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.