Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6304
Título: O Impacto de ajuda externa sobre o crescimento económico dos países de CEDEAO
Autor: Silva, Albino da
Orientador: Faustino, Horácio
Palavras-chave: CEDEAO
impacto da ajuda externa
crescimento económico
integração económica
país em desenvolvimento
ECOWAS
impact of external aid
economic growth
economic integration
developing countries
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Silva, Albino da. 2013. "O Impacto de ajuda externa sobre o crescimento económico dos países de CEDEAO". Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo de analisar os impactos da ajuda externa sobre o crescimento económico dos países da CEDEAO, entre os períodos de 1990 a 2011. A pesquisa é de natureza qualitativa e quantitativa. Realizou-se um trabalho de revisão bibliográfica dos assuntos que versam sobre esse tema. Partiu-se de uma crítica aos programas de ajuda externa destinado aos países em via do desenvolvimento, como é o caso dos países da CEDEAO, e apresentam-se algumas reflexões a esse respeito. Traça-se um panorama que analisa a inserção das organizações de ajuda externa no mercado mundial e no processo de globalização, e apontam-se algumas estratégias adotadas por estas organizações para se inserirem no mercado mundial. É feita uma síntese sobre a história da ajuda externa no quadro do sistema produtivo capitalista e sobre a discussão no meio científico acerca da relação entre a ajuda externa e o crescimento económico. A dissertação pretende questionar a eficácia dos programas de ajuda para o crescimento e o desenvolvimento económico dos países da CEDEAO. Para isso formulou e testou essa hipótese explicativa através da especificação de um modelo econométrico utilizando dados de painel e o estimador de efeitos fixos. Outras variáveis de controlo, que influenciam o crescimento económico foram, também, introduzidas no modelo. Os resultados sugerem que o aumento da ajuda externa a estes países, em vez de contribuir positivamente para o aumento do PIB per capita, tem um efeito negativo no crescimento económico destes países. Assim, o programa de ajuda externa está, ainda, longe de ser um instrumento adequado e justo para o desenvolvimento económico e social destes países. Quanto ao investimento directo estrangeiro em percentagem do PIB, o seu aumento contribui positivamente para o crescimento económico dos países da CEDEAO. Quanto às exportações em percentagem do PIB, o seu aumento tem tido um efeito negativo no crescimento económico. Este último resultado não era teoricamente esperado.
This study aimed to analyze the impact of foreign aid on economic growth of ECOWAS countries, between the periods 1990 to 2011. The research is qualitative and quantitative. We conducted a literature review of work issues that deal with this theme. Starting from a critique of foreign aid programs for countries in the process of development, as is the case of ECOWAS countries, the dissertation presents some thoughts about this subject. The dissertation draws up a panorama that analyzes the inclusion of foreign aid organizations in the world market and the globalization process and point to some strategies adopted by these organizations to fit into the world market. We made a synthesis of the history of foreign aid under the capitalist system of production and on the discussion in the scientific community about the relationship between foreign aid and economic growth. The dissertation aims to question the effectiveness of aid programs for growth and economic development of the countries of ECOWAS. For that, it was formulated and tested this explanatory hypothesis by specifying an econometric model using a panel data model and a fixed effects estimator. Other control variables that influence economic growth were also introduced in the model. The results suggest that increased foreign aid to these countries, rather than contributing positively to the increase of GDP per capita, have a negative effect on economic growth of these countries. Thus, the foreign aid program is still far from being an appropriate and fair tool to the economic and social development in these countries. As foreign direct investment, as a percentage of GDP, is concerned its increase contributes positively to economic growth of ECOWAS countries. As for exports its increases leads to a reduction in economic growth of these countries. This result was not expected theoretically.
Descrição: Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6304
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-AS-2013.pdf608,99 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.