Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6271
Título: O discurso oficial da cooperação internacional brasileira no eixo sul-sul : limites e desafios
Autor: Neto, José Caetano Alves
Orientador: Silva, Joaquim Ramos
Palavras-chave: Cooperação Sul-Sul
Agência Brasileira de Cooperação
Cooperação Internacional para o Desenvolvimento
Retórica
Novo Doador Internacional
South-South Cooperation
Brasilian Cooperation Agency
International Cooperation for Development
Retoric
New International Donor
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Neto, José Caetano Alves. 2013. "O discurso oficial da cooperação internacional brasileira no eixo sul-sul : limites e desafios". Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Esta dissertação pretende estudar a atuação do Brasil dentro da cooperação internacional, mais especificamente a cooperação técnica, no eixo sul-sul. Através de uma abordagem histórica, mostra-se a evolução do Brasil dentro da cooperação internacional, assumindo uma nova postura dentro de uma lógica sul-sul, priorizando a chamada cooperação horizontal, e como as transformações que ocorreram no cenário global após a década de 50 foram definitivas para essa mudança. Algumas abordagens teóricas servem como base para esse câmbio na atitude da política externa brasileira. A prática mostra um envolvimento do país com diversas ações bilaterais, multilaterais e organizações internacionais, visando uma assistência técnica para países em desenvolvimento, objetivando a criação de capacidades e formação de estruturas próprias nos mesmos. Há um foco em criar um contraponto entre o discurso oficial em relação a cooperação internacional prestada pelo Brasil, e aquilo que realmente de fato ocorre, explicitando limites e entraves que prejudicam o pleno funcionamento da mesma. Objetiva-se ainda não só evidenciar essas incongruências, como também propor alternativas e soluções que venham a contribuir de maneira positiva para uma maior eficácia do apoio oferecido pelo Brasil no âmbito da cooperação internacional para o desenvolvimento.
This thesis has the goal of studying the role of Brazil in international cooperation, specifically technical cooperation, in the south-south axis. Through a historical approach, it shows the evolution of Brazil in international cooperation, assuming a new position in the south-south cooperation, prioritizing the so called horizontal cooperation, and how the changes that have occurred after the 50´s decade in the global scenario were definitive for this change. Some theoretical approaches serve as the basis for this exchange in the attitude of Brazilian foreign policy. The practice shows a country's involvement with various bilateral and multilateral actions, and also with international organizations, with a special approach towards technical assistance for developing countries, aiming at capacity building and creation of their own structures in. There is a focus on creating a counterpoint between the official discourse regarding international cooperation provided by Brazil, and what actually does occur, expliciting boundaries and barriers that hinder the full operation.. Another goal is to not only highlight these inconsistencies, but also offer alternatives and solutions that contribute in a positive way to greater effectiveness of the support offered by Brazil in international cooperation for development.
Descrição: Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6271
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-JCAN-2013.pdf688,29 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.