Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6230
Título: Transição para a vida ativa de jovens com necessidades educativas especiais. Transição para a vida ativa de jovens com necessidades educativas especiais: a perceção dos pais e dos professores.
Autor: Santos, Teresa Alexandra Gomes Paula
Orientador: Santos, Ana Sofia Pedrosa Gomes dos
Palavras-chave: Educação para todos
Escola inclusiva
Estrutura do programa
Necessidade educativas especiais
Participação do aluno e da família
Plano individual de transição
Trabalho colaborativo
Transição para a vida activa
Data de Defesa: 2013
Citação: Santos, Teresa Alexandra (2013) - Transição para a vida ativa de jovens com necessidades educativas especiais. Transição para a vida ativa de jovens com necessidades educativas especiais: a perceção dos pais e dos professores. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: Artigo 1: Este artigo pretende fazer um levantamento teórico de informação sobre as etapas e os intervenientes do processo de transição para a vida ativa de alunos com necessidades educativas especiais, analisando os fatores de maior importância para potenciar o sucesso desta etapa na vida destes alunos. Desta forma, analisam-se as recomendações e boas práticas, quer nacionais quer internacionais, organizando-as nos cinco pontos que parecem ter um papel fundamental e garantidor de sucesso: desenvolvimento do estudante, participação do estudante, envolvimento da família, trabalho colaborativo e atributos e estrutura do programa. Por fim, identifica-se o papel do psicomotricista nas equipas das escolas e determina-se qual o contributo que este técnico poderá ter no sentido de melhorar as práticas pedagógicas já existentes. Artigo 2: A legislação atual que regula a educação especial em Portugal, desafia as escolas para se moldarem às exigências que o novo paradigma da escola inclusiva coloca. Este artigo apresenta como objetivo compreender qual a perceção que os pais e os professores de alunos a usufruir de um Plano Individual de Transição têm sobre as práticas atuais associadas ao processo de transição para a vida ativa de alunos com NEE, analisando a forma como as escolas estão a desenvolver e implementar todo este processo. De forma a concretizar este objetivo, foi elaborado especificamente um questionário para o estudo, com duas versões (pais e professores) e uma entrevista para professores que, após validação, foram aplicados a 2 professores e 8 pais de alunos que usufruíam do Plano Individual de Transição nas suas escolas. Os resultados obtidos permitiram verificar que, apesar das recomendações já começarem a surtir algum efeito, ainda há lugar para melhorar o sistema educativo no que diz respeito às respostas que dá a alunos com necessidades educativas especiais no seu processo de transição.
Descrição: Mestrado em Reabilitação Psicomotora
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6230
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Mestrado - Teresa Santos - 2013 Artigo 1.pdfDocumento I505,05 kBAdobe PDFVer/Abrir
Tese Mestrado - Teresa Santos - 2013 Artigo 2.pdfDocumento II1,79 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.