Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6173
Título: Depuração plasmática de creatinina exógena em cães submetidos a protocolos terapêuticos de quimioterapia
Autor: Cabral, Ana Sofia Rodrigues Melo
Orientador: Lourenço, Ana Mafalda Gonçalves Xavier Félix
Vicente, Gonçalo Eduardo Vítor
Palavras-chave: Quimioterapia
nefrotoxicidade
taxa de filtração glomerular
depuração de creatinina exógena
cães
Chemotherapy
nephrotoxicity
glomerular filtration rate
clearance of exogenous creatinine
dogs
Data de Defesa: 7-Nov-2013
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Cabral, A.S.R.M. (2013). Depuração plasmática de creatinina exógena em cães submetidos a protocolos terapêuticos de quimioterapia. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: A incidência de lesões oncológicas em animais de companhia tem vindo a aumentar nos últimos anos, devido principalmente a uma maior longevidade dos mesmos. Consequentemente, cada vez mais, animais de companhia são submetidos a protocolos de quimioterapia. O uso de quimioterapia surge com intuito de induzir a remissão em neoplasias quimiossensíveis, mas também de forma paliativa, apresentando potenciais efeitos secundários nefastos, entre os quais surge a nefrotoxicidade. O rim é um órgão fundamental, no que toca à eliminação de xenobióticos. Esta eliminação pode acontecer por filtração glomerular, secreção, reabsorção e metabolização a nível tubular. Assim, compreende-se que, ligeiras e discretas alterações em qualquer uma das suas funções possam ter um papel relevante, no que toca à farmacocinética dos fármacos com eliminação/metabolização renal. A função renal deve ser sempre avaliada, previamente à realização de um protocolo quimioterápico, de modo a condicionar as doses, duração e escolha do fármaco ou mesmo a sua realização. Em Medicina Veterinária, esta avaliação é feita, na grande maioria das vezes, através da medição da concentração de ureia e creatinina séricas e densidade urinária. No entanto, estes parâmetros apenas se encontram alterados quando há perda de pelo menos 65-75% da massa renal funcional. Por outro lado, estudos em Medicina Humana evidenciam um aumento acentuado na prevalência de insuficiência renal em pacientes oncológicos sendo que, o seu diagnóstico precoce é cada vez mais importante para a instituição de uma terapêutica adequada de forma a diminuir a sua progressão. Este diagnóstico pode ser feito, através da avaliação da taxa de filtração glomerular (TFG), pela depuração de um marcador de filtração, sendo considerado hoje, tanto em Medicina Humana como em veterinária, o método mais preciso na avaliação da função renal. Com este projeto, pretende-se avaliar a função renal através da determinação da TFG através da depuração plasmática de creatinina exógena em cães submetidos a protocolos quimioterápicos. Foi escolhido este método uma vez que oferece resultados precisos, é pouco dispendioso, rápido e conveniente de medir na clínica de rotina do hospital escolar da FMV.
ABSTRACT - As pets live longer the incidence of oncological diseases have been increased in the last years. Consequently our pets are more and more submitted to chemotherapy protocols. The use of chemotherapy came to lead the mitigation of chemosensible neoplasias, but also in a palliatve way, presenting potential secondary effects, among them, the nephrotoxity. The kidney is a fundamental organ because it eliminates xenobiotics and this elimination can occur by glomerular filtration, secretion, reabsortion and tubular metabolization. So we can understand that light and discreet alterations in each of its functions can have a relevant role in the field of pharmacocinetic of the medicines with renal elimination/metabolization. The renal function must always be evaluated before a chemotherapy protocol takes place, in order to regulate the dose, duration and choose of the medicine or even its realization. In veterinary medicine, in the great majority, this evaluation is done through the measurement of the BUN and serum creatinine concentration and also the urinary density. However these parameters are only modified when there is a loss of, at least, 65-75% of the functional renal mass. Otherwise, studies in human medicine shows a great increase in the predominance of the renal insufficiency in oncologic patients, but a premature diagnostic is more and more important for the use of an suitable therapy in order to reduce its advance. This diagnostic can be done through the evaluation of the glomerular filtration rate (GFR), through the clearance of a filtration marker, and it is now considered, not only in human but also in veterinary medicine, as the most precise evaluation of the renal function. With this project, we intend to evaluate the renal function through the determination of GFR through the plasmatic clearance in dogs which are submitted to chemotherapy protocols. This method was chosen because it gives exact results, it is not very expensive, and it is quickly and convenient to measure in the routine clinic of the scholar hospital of FMW.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6173
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.