Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6084
Título: Estimation and characterization of the dog and cat population on Maio Island, Cape Verde : an integration of household survey data and remote sensing imagery
Autor: Antunes, Ana Carolina Lopes
Orientador: Mintiens, Koen
Nunes, Telmo Renato Landeiro Raposo Pina
Palavras-chave: Animal population size estimative
Maio Island
Cape Verde
Geographic information systems
Household survey
Remote sensing imagery
Estimativa da população animal
Ilha do Maio
Cabo Verde
Sistemas de informação geográfica
Questionários
Imagens de detecção remota
Data de Defesa: 10-Out-2013
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Antunes, A.C.L. (2013). Estimation and characterization of the dog and cat population on Maio Island, Cape Verde : an integration of household survey data and remote sensing imagery. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Objective: To estimate and characterize the dog and cat population on Maio Island, Cape Verde, in order to provide a baseline to set up a syndromic surveillance system. Methods: The study was carried out in the course of Vétérinaires Sans Frontières - Portugal mission. One team applied questionnaires in six localities to classify the animals according to their age, gender, sterilization and parasites control status, body condition, skin changes and other observations, degree of dependence and restriction and recorded the coordinates of feeding places for each animal. Other team registered animal’s clinical information in Porto Inglês where companion animal health and welfare campaigns were performed. Geographic information systems tools were used to process the data and linear regression models were created with the number of houses as only predictor variable to estimate dog and cat populations. Results: In the observed dog population (n=457), 19.7% of the animals were sterilised, 23% dewormed; 1% was classified as feral and 0.88% as neighbourhood dogs. For cats (n=306), the results were 13.7%, 16%, 0.33% and 2.29%, respectively. The estimated population size on the island was 531 dogs and 354 cats. The models for these estimations were based on 400 m and 200 m resolutions respectively and resulted in an error of 7% when compared to survey results. Conclusions: This study highlights the potential of geographic information systems in population size estimates and praises the efforts done by non-governmental organizations on this island in order to promote public health.
Resumo - ESTIMATIVA E CARACTERIZAÇÃO DA POPULAÇÃO DE CÃES E GATOS NA ILHA DO MAIO, CABO VERDE: INTEGRAÇÃO ENTRE DADOS DE UM RECENSEAMENTO E IMAGENS DE DETECÇÃO REMOTA - Objectivo: Estimar e caracterizar a população de cães e gato na ilha do Maio, em Cabo Verde, de modo a recolher informação para implementar um sistema de vigilância sindrómica. Métodos: O estudo foi realizado no decurso da missão dos Veterinários Sem Fronteiras - Portugal. Uma equipa realizou questionários em seis localidades para classificar os animais de acordo com a sua idade, género, esterilização e controle de parasitas, condição corporal, alterações cutâneas e outras observações, o grau de dependência e de restrição e, registou ainda, as coordenadas dos locais de alimentação para cada animal. Outra equipa registou a informação clínica dos animais em Porto Inglês durante as campanhas para promover a saúde e o bem-estar dos animais de companhia. Foram utilizadas ferramentas de sistemas de informação geográfica para processar os dados e foram criados modelos de regressão linear, tendo o número de casas sido definido como única variável independente para estimar a população de cães e gatos. Resultados: Na população de cães observados (n = 457), 19,7% dos animais estavam esterilizados, 23% desparasitados, 1% foi classificado como não tendo dono e 0,88% como animais de bairro. Para gatos (n = 306), os resultados foram de 13,7%, 16%, 0,33% e 2,29%, respectivamente. A estimativa da população na ilha foi de 531 cães e 354 gatos. Os modelos para estas estimativas foram construídos com base nas resoluções de 400 m e 200 m respectivamente e resultaram num erro de 7% quando comparado com os resultados do recenseamento. Conclusões: Este estudo destaca o potencial dos sistemas de informação geográfica na estimativa de populações animais e enaltece os esforços feitos por organizações não-governamentais nesta ilha, com o objectivo de promover a saúde pública.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6084
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.