Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/6073
Título: O baralho de cartas como objecto de comunicação da cultura popular
Autor: Nascimento, Natali da Assunção Gonçalves do
Orientador: Espadinha, António José Canau
Palavras-chave: Cartas de jogar
Património imaterial
Inclusivo
Cultura Popular
Playing cards
Intangible heritage
Inclusive
Popular culture
Data de Defesa: Dez-2011
Editora: Faculdade de Arquitectura
Citação: NASCIMENTO, Natali da Assunção Gonçalves do - O baralho de cartas como objecto de comunicação da cultura popular. Lisboa : FA, 2011. Tese de Mestrado.
Resumo: Hoje em dia os jogos de cartas e mais especificamente os baralhos de cartas, são vistos como objectos que fazem parte da vida quotidiana, das horas de lazer onde várias pessoas se juntam sem um propósito específico, apenas o de ocupar o tempo livre. Esta dissertação tem como objecto de estudo o baralho de cartas reinterpretando- o como potencial objecto de comunicação do conhecimento popular (tornando físico e de acesso fácil algum património imaterial). Consideramos que actualmente existe uma crescente perda e desvalorização da cultura popular, (este conhecimento não faz parte do quotidiano das pessoas) bem como uma separação das diferentes faixas etárias de população, não existindo troca de conhecimentos entre as diferentes gerações. A criação de um baralho de cartas com provérbios tradicionais portugueses vem tentar colmatar de uma forma mais lúdica esse afastamento de gerações e consequente desaparecimento da cultura popular. O objectivo será difundir os provérbios, gerar troca de conhecimento e propiciar a união das várias gerações Pretendemos com esta investigação criar um baralho que seja interessante para as gerações mais velhas não esquecendo as suas vivências e capacidades. Cativar as gerações mais novas através de um jogo ilustrado, difundindo entre elas a cultura popular, da qual se encontram distantes, unindo assim diferentes gerações (unir os avós que vivem em zonas desertificadas aos netos que vivem nas grandes cidades). O baralho de cartas a desenvolver neste projecto manterá as características dos baralhos convencionais já conhecidos, tal como os quatro naipes, as diferentes as figuras, os ases e os números. Mantendo assim a capacidade para se jogar os jogos já conhecidos, utilizamos assim o baralho de cartas como objecto difusor dos provérbios. A este baralho será adaptado um sistema de pontos que obrigue o utilizador a ler e a reter informação sobre os provérbios inscritos em cada carta do baralho, para que ocorra transmissão do conhecimento popular. Sendo o baralho de cartas um objecto de baixo custo que está ao alcance de todas as classes sociais, pretendemos tirar partido desta característica, levando através do baralho a desenvolver nesta dissertação, o conhecimento popular a um maior número de pessoas, unindo os mais novos com as gerações mais experientes, num jogo que é do agrado de todos.
Descrição: Tese de Mestrado em Design de Comunicação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/6073
Aparece nas colecções:DHTAUD - Teses de Mestrado / Master Thesis
BFA - Teses de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertaçaonatalidocdefinitivo.pdf69,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.